27/05/2019
A manifestação pró-Bolsonaro

Domingo 26 de Maio de 2019

Foi a partir das quatorze horas quando estiva na Avenida Paulista da Cidade de São Paulo e vi realmente o que é participação popular. Foi emocionante estar lá de entremeio com aquele povo cobrando dos políticos os seus deveres em prol do Brasil, para todo o mundo ver. Claro, muitas críticas contra eles se fizeram ouvir, inclusive inscritas em cartazes. Estive lá até as 16,30 horas e foi quando resolvi me retirar, porque, me locomover ficou muito difícil por causa de tanta gente que lá compareceu. Li e ouvi muita crítica de revolta contra uma rede de televisão.

Nas passeatas de protesto anteriores, a mídia, as redes de televisão “boicotaram” a divulgação ou transmissão delas para o povo. Mas, por que o povo todo, em contra partida, também não boicota tais transmissoras? Se bem que, já tem muitas pessoas deixando de ler jornais tendenciosos e parciais, como também deixando de assistir certo canal de televisão. São pessoas que mais se interessam pelo “desenrolar” do que ocorre, de certo ou errado, com a justiça e com os políticos brasileiros. No mais, a maioria daqueles que continuam assíduos com as programações e as informações provenientes da mídia, principalmente da televisada, são as pessoas mais simples, as menos informadas com o que possa prejudicar esta nação.

Ah, em tempo, meu neto me chamou para ver no início do programa “Fantástico” deste domingo o que vi e que pensei que não ia ver: Reportagem da passeata de hoje de vários Estados do Brasil, inclusive o da Avenida Paulista donde estive naquela aglomeração extensa até parecendo interminável. Parece que não tiveram outra opção, porque... “É, as coisas estão mudando no Brasil” (risos). Tomara que doravante muitos consigam sentir vergonha e o milagre do arrependimento para que procedam melhor em suas atitudes para com o que queiram transmitir para o povo. Quanto às reivindicações solicitadas pela passeata deste domingo, todas foram realistas, embora, muitos dos responsáveis para legalizá-las estão mais interessados em detê-las se elas não forem favoráveis as vantagens particulares deles. 

 

Altino Olimpio     



Leia outras matérias desta seção
 » Sal do Himalaia não é o que dizem
 » Tribunal de Contas x Prefeitura
 » Insuficiência cardíaca: novo medicamento
 » Mirtilo (blueberries) baixa a pressão
 » Tribunal de Contas age e breca licitação
 » Homenagem a Lei Anticorrupção
 » Lei anti-corrupção completa 6 anos
 » Herpes genital
 » Demência: anticolinérgico aumenta o risco
 » Medidas Provisórias: andamento
 » O mundo mudou, os políticos não!
 » MP da Liberdade econômica
 » Refrigerantes e Sucos x Câncer
 » eSocial adiado
 » 9 de Julho: a vitória política
 » Tribunal de Contas x Ministério Público de Contas
 » Lição de casa para os pseudo ecologistas
 » Queimaduras o que fazer
 » PROERD da Polícia Militar
 » A insaciável máquina do desperdício de dinheiro

Voltar