30/11/2020
Maradona e o trabalho da Imprensa

Tenho comigo que o imprensa falada, escrita, televisiva deveriam dar maior ênfase às pessoas que ao longo de suas vidas se envolvem em pesquisas, trabalhos filantrópicos. Estamos em época de pandemia – temos sede de viver, toda ajuda sempre é bem-vinda para que nuvens nebulosas logo se afastem. É de supor que nenhum lar do mais longínquo rincão de nosso Pais não tenha uma televisão. É descomunal a força televisa que exerce informando e transformando comportamentos.

A cobertura excessiva da vida de Maradona tratado como semideus pelo talento de futebolista criou-se incontáveis apaixonados seguidores dando-lhe fama, prestígio e independência financeira. Fora do seu ofício, suas necessidades íntimas não guardaram qualquer simetria em modelar seus seguidores pois, envolveu-se em perigosas drogas sendo até banido da Copa do Mundo de 1994 por antidoping, enfim a queda de um ídolo de barro.

É impossível não acenar que os veículos de comunicação não constituam um quarto poder em alterar rumos de quem os assistem. Tracemos um paralelo a João de Deus, após suas várias entrevistas não demorou ser acompanhado por várias celebridades de uma da maior rede de televisão, cujas virtudes por ele apresentadas constituíam a panaceia de todos necessitados.

Todos sabem o que deu... Educar cidadãos constitui obrigação Constitucional em contrapartida de impostos recolhidos às autoridades sufragadas por votos. Entretanto expor as excêntricas e excessivas notícias movidas a público por incontroláveis paixões parece busca de uma receita operacional fácil de se alcançar.

ANÍZIO MENUCHI



Leia outras matérias desta seção
 » Estaríamos cada vez mais indo para o buraco?
 » Maradona e o trabalho da Imprensa
 » As eleições vem aí
 » Castigo físico na fala de Ministro
 » Professora Rotralth Friese Nunes (dna.Tico)
 » URMSP – Um passado de gloria
 » Um farmacêutico devotado
 » Weiszflog a dívida irresgatável
 » Bonsucesso do meu nascedouro
 » A represa de minha juventude
 » Linha Férrea Bom Sucesso
 » Menuchi: imigrantes Italianos
 » Candidatos à Diretoria da URMSP
 » Um caieirense antigo
 » Meu Pai, minha referência para vida
 » Brancos e Negros
 » Conjunto Acapulco você já dançou com êles ?
 » Nos tempos do URMSP (Clube União)
 » A casa no Bonsucesso
 » Embrionária competição à Miss São Paulo

Voltar