» Colunas » Economia

20/05/2019
Nada mudou! nem a velha política

A propósito da Previdência

Lamentavelmente, constatamos que nada mudou. Velhos, novos e seminovos políticos, com raríssimas exceções, não querem abrir mão de seus privilégios, de suas maracutaias, de suas aposentadorias. Parece que, basta tomar posse, e tudo muda para pior. Esquecem a civilidade, a honradez, o desejo e as necessidades da população. É como uma praga, uma doença suprapartidária. O problema é que o resultado dessa política não afeta os privilegiados e sim os mais necessitados, empobrecendo ainda mais suas vidas. Estamos nos tornando um país de miseráveis, enquanto dezenas de milhões não têm acesso a esgoto, altos "servidores" públicos se banqueteiam com lagostas e vinhos raros entre outros desatinos. O que fazer para eliminar essa praga? Depende do que queremos para nossas vidas: continuar sendo lacaios de farsantes e corruptos ou assumir nossas responsabilidade s em uma sociedade democrática. Afinal em uma democracia quem tem o poder é o povo. Ou não vivemos em uma democracia?

* Celso Tracco é escritor, palestrante e consultor - www.celsotracco.com



Leia outras matérias desta seção
 » Lei anti-corrupção completa 6 anos
 » Medidas Provisórias: andamento
 » MP da Liberdade econômica
 » eSocial adiado
 » Lição de casa para os pseudo ecologistas
 » A insaciável máquina do desperdício de dinheiro
 » Canudo plástico a bola da vez
 » CDI X CDB X LCA X LCI
 » Nada mudou! nem a velha política
 » Os Privilegiados da Previdência
 » Planos de Saúde antigos-Reajustes
 » Poupança: acordo é mais uma palhaçada?
 » Como comprar um carro sem impostos
 » Caieiras inchando....até quando?
 » Como penalizar ainda mais o contribuinte inadimplente
 » Haja fraude!
 » Investimento: qual o melhor ?
 » Burrice endêmica
 » Domésticas: 70% estão na informalidade
 » Superfaturamento ou o feijão folheado a ouro



Voltar