» Colunas » Saúde

05/01/2009
Dieta para emagrecer reduz resistência a gripe, diz estudo

Cientistas americanos afirmam que fazer regime afeta habilidade de combater vírus.

Fazer regime para emagrecer durante o inverno pode afetar a habilidade do organismo de combater o vírus da gripe, adverte um novo estudo realizado nos Estados Unidos.

Cientistas da Universidade Estadual do Michigan descobriram que ratos de laboratório que se submeteram a uma dieta de baixa caloria tiveram maior dificuldade em debelar a infecção do que os que haviam sido colocados em uma dieta normal.

Segundo a equipe, mesmo os ratos submetidos à dieta especial que receberam uma quantidade adequada de vitaminas e minerais ainda não conseguiram produzir a quantidade de glóbulos brancos do sistema imunológico necessárias para combater uma infecção.

Além de uma maior probabilidade de morrer vítima da contaminação por um vírus, os ratos - que consumiam cerca de 40% das calorias dadas aos submetidos a uma dieta normal - levaram mais tempo para se recuperar, perderam mais peso e tiveram outros sintomas de saúde precária.

"Nossa pesquisa mostra que ter um organismo disposto a combater um vírus vai levar a uma recuperação mais rápida e efeitos menos severos que do que se ele está tendo calorias restringidas", disse a autora do estudo, Elizabeth Gardner.


Vacina

Os especialistas recomendam que mesmo as pessoas vacinadas deveriam evitar dietas para emagrecer quando o clima é frio.

"Se uma variedade de gripe infecta uma pessoa e é diferente da variedade incluída na vacina, então seu corpo vê como uma infecção primária e pode produzir os anticorpos para lutar (contra a infecção)", afirmou Gardner.

Os cientistas afirmam que a pesquisa não deve representar uma carta branca para que as pessoas evitem dietas durante todo o ano, mas para se concentrem na perda de peso nos outros oito meses do ano, quando o vírus da gripe não se prolifera tão facilmente.

Para o professor John Oxford, especialista em gripe da Escola de Medicina e Odontologia Queen Mary, em Londres, o "bom senso" deve prevalecer no inverno.

"Existem muitos vírus e, embora pudesse ser melhor evitar aqueles doces de Natal, esse (o inverno) não é o momento para pensar em dieta", afirmou.

G1

Leia outras matérias desta seção
 » Aterosclerose e seus fatores de risco
 » Vacina em crianças
 » Câncer de tireoide em mulheres, superdiagnosticadas?
 » Leuclopasia oral
 » Melatonina
 » Covid19 - O pesadelo vai continuar em 2022 ?
 » Vacina: A importância da 3ª dose
 » USP isola variante do ômicron
 » Alzheimer x Viagra (sildenafil)
 » Um copo de água a cada refeição?
 » Ômicron o novo pesadelo
 » Semaglutida para emagrecer compensa ?
 » Inflamação sistêmica
 » Corticoide x escorpião amarelo
 » Antibióticos x bactérias resistentes
 » Aditivos químicos nos alimentos
 » Dedos de covid
 » Carambola uma fruta neurotóxica
 » Cardíacos e Idosos muita cautela em tomar Aspirina
 » Doenças transmitidas por animais


Voltar