» Colunas » Editorial

17/05/2010
O choque de gestão que o Hamamoto precisa

Choque de gestão para o Hamamoto resolver seus problemas!
Seis propostas básicas:

l - Reforma administrativa de cargos e salários, com recadastramento dos servidores, enxugando ao máximo a máquina.

2 – Reforma administrativa da gestão das secretarias tornando claras as atribuições de cada uma. (incluir o gabinete do prefeito)

3 – A secretaria da fazenda ou ditadura da fazenda deve ser desativada, deixando essa pasta para cuidar exclusivamente das atribuições de arrecadação, pode prestar serviço a outras secretarias, mas nunca decidir.

4 – Cada secretário deve assumir a responsabilidade total pela sua secretaria, como administrar seu orçamento, isso implica em acompanhar diariamente a execução orçamentária que tem sido uma das caixas pretas da prefeitura, mantida a sete chaves pela fazenda, com objetivo óbvio de manter o poder sôbre as demais.


5 – Cada secretário deve seguir a rotina completa da administração pública, ou seja: requisitar, comprar (esse serviço deve ser executado pelo administrativo e não pela fazenda, que deve apenas fornecer a disponibilidade de verba orçamentária, mandar licitar, assinar a nota de empenho, contratos, nota de liquidação de empenho e finalmente mandar pagar. ( o secretário assume o processo legal completo).


6- Os conselhos municipais que tem poder gestor devem receber o mesmo tratamento, com pessoal qualificado e capacitado e não serem conselheiros porque são vaquinhas de presépio e assinem qualquer coisa.

Em consequência o prefeito fica livre para decidir sobre assuntos importantes para o município e cobrar a atuação dos secretários, estes  caso não correspondam ou não acompanhem o ritmo necessário, é só trocar. E ainda tem aquela vantagem adicional, o prefeito nunca vai ser responsabilizado pelas bobagens de boa fé ou de má fé cometidas pelos subordinados, exceto se for conivente.

Obs. é claro que a pré histórica fazenda vai dizer que nada disso é possível.



edson navarro

Leia outras matérias desta seção
 » Recado para prefeitos "distraídos" ou caloteiros
 » Caieiras:Prefeitura inova na execução fiscal
 » Caieiras:Como cutucar a onça com vara curta
 » Caieiras:Professores quem liga para eles?
 » Caieiras: Prefeito corre o risco de virar peneira
 » Caieiras:Exemplo de como gastar o dinheiro público
 » Lagoinha o rei dos imbróglios, agora é o subsídio!
 » Semeando a discórdia
 » As licitações "bomba relógio" em Caieiras
 » Caieiras: O Município que nada em dinheiro
 » Dr. Peter (Juiz da Comarca) rejeita queixa crime do prefeito lagoinha contra o vice, dr. cleber
 » Prefeitos: Receita infalível para se tornar inelegível
 » Guedes inventa um pássaro sem asas
 » Janio Quadros: faz quase 40 anos que esteve em Caieiras
 » Caieiras: a loucademia de maus políticos
 » O grande imbróglio do PS de Caieiras
 » A briga das Organizações Sociais em Caieiras
 » Os alertas perigosos do TCE
 » Caieiras: A história vai se repetir ?
 » O transporte público em Caieiras



Voltar