» Colunas » Editorial

06/04/2024
Josie Dartora é pré-candidata a prefeita

Ontem em Caieiras foi dia de encontro político sob o chamado de filiação partidária com vistas às próximas eleições de 06 de outubro. Em conjunto no mote Todos por Caieiras,  estavam PV, AVANTE, SOLIDARIEDADE, MDB, PSD, PSB, PDT, PT e PSOL. Presentes políticos de inegável representatividade no cenário regional,  os discursos giraram em torno da urgente recondução do município a uma ordem administrativa responsável e diligente no trato de questões básicas de saúde,  educação e meio ambiente.

  A numerosa plateia reagiu calorosamente ao discurso do deputado federal Kiko Celeguim,  principalmente quando ele rechaçou polarização entre legendas e chancelou eleição sob a letra C de Caieiras,  todos ali presentes por Caieiras.  Em sintonia com o principal assunto do momento,  a pré-candidata Josie Dartora arrancou aplausos quando destacou que foi a única vereadora a votar contra a permissão recente de exploração de pedreira no município.

Já o deputado estadual Maurici enfatizou as qualidades da pré-candidata ao cargo de prefeita e deixou claro seu apoio à candidatura dela. Há,  na verdade,  uma "onda" natural de acontecimentos em direção aos destinos de Josie nessa pré-campanha.  A exemplo,  o protesto dos servidores em março teve adesão da classe dos professores da qual ela faz parte,  e a postura política dela em favor do meio ambiente reverberou no movimento atual da sociedade civil contra a instalação da pedreira em área de preservação ambiental.

  É evidente que não era cabível anunciar a chapa majoritária para concorrer às próximas eleições,  porque as convenções têm esse papel legal.  A toda evidência,  o grupo de coalizão presente tem um objetivo claro e definido na oposição à administração do atual prefeito.

Nesse cenário,  os movimentos dos experientes políticos devem levar em consideração tal objetivo, o curso natural dos acontecimentos e a voz da rua. 

Não menos incontroverso,  a tentadora cadeira do executivo não pode se sobrepor ao dever de renunciar a interesses pessoais e expurgar alianças conhecidamente  prejudiciais aos interesses da população caieirense. 


Hermano A. Leitão advogado especialista em direito público

Leia outras matérias desta seção
 » ACABOU A FACULDADE DE CAIEIRAS
 » Josie Dartora é pré-candidata a prefeita
 » Caieiras:Lagoinha pisa no calo dos advogados
 » Prefeitura tem déficit orçamentário preocupante
 » Caieiras: Cobranças abusivas
 » A QUESTÃO É: O MINISTÉRIO PÚBLICO SABE DE TUDO ISSO? E OS VEREADORES ? - SE SABEM O QUE FIZERAM ?
 » Prefeito Lagoinha a confiança esvai-se...
 » Os desacertos do Lagoinha
 » Paulista se acha o melhor do Brasil
 » Guerra híbrida: já estamos vivendo ?
 » Ministros descoordenados de Lula
 » O desabafo de J.C. Crônicas controversas...
 » Prefeitura afunda em processos contra ela
 » A propósito do segundo turno
 » Os burros e energúmenos da política
 » Como ficar inelegível, um caminho fácil
 » Liberdade de Imprensa
 » Caieiras: As trapalhadas do Gilmar
 » Caieiras:Mais um imbróglio da gestão Gilmar
 » Caieiras:Despesas de 2021 tem limite ultrapassado



Voltar