» Colunas » Editorial

06/12/2011
As moscas estão saudosas

ou o destino de mais um conselho

Quando se criam conselhos a intenção é boa e faz parte da democracia, os rumos que  tomam é que são elas. O recéns criados Conselhos das Cidades parece não fugir a essa regra, de um lado os representantes da sociedade civil e de outro os do poder público. Em tese a discussão dos interesses dos Municípios estariam seguros. Na prática o que se vê é a velha situação, os representantes públicos votam em bloco e os da sociedade civil em completa desunião, o resultado é óbvio, acaba prevalecendo a vontade dos políticos. Nas votações importantes e finais de determinado assunto, o bloco unido está sempre presente com todos os seus representantes, mesmo aqueles que raramente apareceram nas reuniões anteriores e  as vezes  nem sabem o que está sendo tratado, mas votam. O regulamento dos conselhos permite o expurgo daqueles faltosos, o difícil é aplicá-lo, as vaquinhas de presépio sempre existiram e não é agora ou num determinado colegiado que vão acabar, esperemos que as moscas antigas e novas sejam colocadas para fora. Concluindo, que ninguém proteste contra a ala chapa branca, só está lá porque foi colocada pelos políticos legitimamente eleitos e o interesse deles, como mostra a história, nem sempre ou nunca coincide com o do povo. Você tem dúvidas ? pense bem, tirando as poucas informações publicadas neste Jornal, o que você sabe das atividades do Conselho da sua Cidade ? - conhece alguma divulgação ? - participou ?- . Em 2012 continue votando em promessas, entre elas de transparência da administração pública, para que mudar?. No império romano já dizia Tácito: Quanto mais leis tem uma república, mais corrupta ela é.

 


Edson Navarro

Leia outras matérias desta seção
 » Liberdade de Imprensa
 » Caieiras: As trapalhadas do Gilmar
 » Caieiras:Mais um imbróglio da gestão Gilmar
 » Caieiras:Despesas de 2021 tem limite ultrapassado
 » Lagoinha e seus Jabutis
 » Recado para prefeitos "distraídos" ou caloteiros
 » Caieiras:Prefeitura inova na execução fiscal
 » Caieiras:Como cutucar a onça com vara curta
 » Caieiras:Professores quem liga para eles?
 » Caieiras: Prefeito corre o risco de virar peneira
 » Caieiras:Exemplo de como gastar o dinheiro público
 » Lagoinha o rei dos imbróglios, agora é o subsídio!
 » Semeando a discórdia
 » As licitações "bomba relógio" em Caieiras
 » Caieiras: O Município que nada em dinheiro
 » Dr. Peter (Juiz da Comarca) rejeita queixa crime do prefeito lagoinha contra o vice, dr. cleber
 » Prefeitos: Receita infalível para se tornar inelegível
 » Guedes inventa um pássaro sem asas
 » Janio Quadros: faz quase 40 anos que esteve em Caieiras
 » Caieiras: a loucademia de maus políticos



Voltar