» Colunas » Editorial

22/08/2015
Venha morar em Cagárdaga

Venha morar aqui! Temos um verdadeiro paraíso: ar  puro sem nenhuma fedentina, trânsito com 100% de fluidez ; maravilhosos loteamentos com lotes de 125 m2 ; água e energia elétrica em abundância principalmente durante as enchentes ; SUS que não deixa ninguém morrer no pronto socorro nem de atender bebês; mais de duzentos médicos de prontidão nas unidades de atendimento, cumprindo rigorosamente seus horários (não temos cubanos, os alienígenas estão em àreas mais rentáveis).

Coleta de lixo gratuita e eficiente, inclusive de lama de mercúrio; escolas e creches que não precisam da indicação de políticos; exames médicos de imagem feitos em 24 horas, também sem interferência política; transporte coletivo barato e abundante; todos os tipos de benefícios sociais como bolsa família, cesta básica, auxílio-desemprego etc, tudo  sem maiores exigências; administração pública recomendada pelo  Tribunal de Contas; monitoramento da Cidade por Câmeras que funcionam 24 hs (todas e não apenas uma, gastamos milhões para mantê-las); criminalidade quase zero, tem os crimezinhos sem importância, gastam apenas 30 balas para dar baixa no RG da vítima. Raramente o  erário é aliviado e quando é a punição chega rápida e severa.

Funcionários públicos altamente remunerados (só alguns, mas todos podem chegar lá); ruas, praças , calçadas e avenidas muito bem cuidadas, algumas com similar apenas no Japão; sinais e sinalização de trânsito de primeiro mundo, pelo menos no preço são; lazer e distração à vontade - as vezes a orquestra filarmônica tem de suspender a apresentação no meio por curto circuito ou goteiras, mas isso só das vezes em quando; fundo social atuante, pois tem farta verba própria e presta contas rotineiramente; vereadores que dispõem de todos os meios para trabalhar para os munícipes, tais como assessores, veículos, bom salário, etc.

Aqui se recebe bem os forasteiros e aventureiros que podem até fazer fortuna, pois o contribuinte é manso; empregos não faltam, graças as grandes obras caras que geram muitas vagas; existe um amplo e fabuloso teatro em construção, que, quando pronto, transformará a cidade em centro regional das artes cênicas para as Aventuras Artonianas.

Os empreendedores  imobiliários têm todo o apoio, pois não se faz exigências descabidas como EIV e EIA; escolares são transportados em caros ônibus novos fretados, um privilégio para os estudantes, aqui não se economiza com educação, temos tudo do melhor e mais caro; a administração é absolutamente transparente, qualquer documento público pode ser fotografado (inclusive a lima velha papando um pitéu) os fornecedores são escolhidos a dedo, somente os melhores.

Caso a pessoa não se enquadre nas vagas de emprego disponíveis no PAT, pode recorrer ao Auxílio Desemprego (também conhecido como Frente de Trabalho), recebe um salário mais vale transporte e cesta básica de excelente qualidade, faz treinamento profissionalizante, não precisa de indicação de políticos e pode ficar o tempo que quiser mamando no contribuinte, tão pouco alguém vai perguntar se o  trabalho é  duro ou só para vagabundear.

Não existe nepotismo nem concurso com cartas marcadas; os conselhos funcionam com independência sem interferência política e atendem sempre o interesse maior da população; morando aqui você não depende de ser amigo de um só rei, temos vários, cada um em sua àrea,  além dos sub reis tudo para facilitar a sua vida,  é democracia mesmo; a gratificação de isonomia salarial obedece rigorosamente a Lei, você pode vir comissionado de outro emprego público com tranquilidade.

Aqui não tem protestos contra o Lula, Dilma e o PT, ninguém votou neles portando  não temos nada a ver com com a história   e a ruína do Brasil. Venha logo para Cagárdaga, temos muito mais a oferecer, novos loteamentos e aterros não faltam, aqui a infra estrutura urbana chega primeiro e  permitimos a construção de castelos com areia de barranco, nada de areia do mar visto estarmos longe dele. 

 


Edson Navarro

Leia outras matérias desta seção
 » Registro de Preços - Merenda Escolar
 » Caieiras: O desabafo pesado do Vice Prefeito
 » E o buraco nas finanças continua
 » Organizações pilantrópicas
 » Lagoinha e Gersinho qual a diferença ?
 » Caieiras:Multas de trânsito,para onde está indo o dinheiro
 » De filantrópica para Estatal será que muda?
 » Mais de 20 anos depois o Gaema descobre o maior lixão do Brasil
 » TCE adverte Lagoinha, começou cedo!
 » Saúde desnorteada, perigosa e desrespeitosa
 » Lixão: Povo pretende protestar
 » A Lei que choveu no molhado
 » Lei bola de cristal...os políticos videntes
 » Caieiras: A vacina é escassa
 » O prefeito de Caieiras e seu secretariado "alienígena"
 » Previsões para 2021 de Nostradamus
 » Ecos de um governo desastrado
 » Os presentes indesejáveis do TCE
 » Identificadas as forças ocultas que derrotaram Gersinho
 » Limpe tudo e entre na Casa limpa, Lagoinha.



Voltar