» Colunas » Editorial

28/09/2016
Voto na legenda não ajuda na eleição de vereador

Nesta eleição será aplicada pela primeira vez uma regra inserida na reforma eleitoral aprovada pelo Congresso no ano passado: além de o partido ter de superar o quociente eleitoral, seus aspirantes a vereador agora precisam ultrapassar 10% desse índice em votos nominais.O quociente é fruto da divisão dos votos válidos em um município pelas cadeiras na Câmara.

A NOVA REGRA
Candidatos só podem ser eleitos se alcançarem um mínimo de votos correspondente a 10 % do quociente eleitoral. Exemplo:  Total de eleitores =60.000 dividido por 10 cadeiras na Câmara = 6.000 (quociente eleitoral) 10% do quociente = 600 votos que é o mínimo que um candidato tem que ter, mesmo que o partido atinja o quociente.

O VOTO NA LEGENDA
Candidatos que se elegiam pela grande quantidade de votos dados à legenda, não serão mais eleitos caso não obtenham o mínimo de votos no seu nome, assim, passam a desestimular o voto na legenda. 


Edson Navarro

Leia outras matérias desta seção
 » Liberdade de Imprensa
 » Caieiras: As trapalhadas do Gilmar
 » Caieiras:Mais um imbróglio da gestão Gilmar
 » Caieiras:Despesas de 2021 tem limite ultrapassado
 » Lagoinha e seus Jabutis
 » Recado para prefeitos "distraídos" ou caloteiros
 » Caieiras:Prefeitura inova na execução fiscal
 » Caieiras:Como cutucar a onça com vara curta
 » Caieiras:Professores quem liga para eles?
 » Caieiras: Prefeito corre o risco de virar peneira
 » Caieiras:Exemplo de como gastar o dinheiro público
 » Lagoinha o rei dos imbróglios, agora é o subsídio!
 » Semeando a discórdia
 » As licitações "bomba relógio" em Caieiras
 » Caieiras: O Município que nada em dinheiro
 » Dr. Peter (Juiz da Comarca) rejeita queixa crime do prefeito lagoinha contra o vice, dr. cleber
 » Prefeitos: Receita infalível para se tornar inelegível
 » Guedes inventa um pássaro sem asas
 » Janio Quadros: faz quase 40 anos que esteve em Caieiras
 » Caieiras: a loucademia de maus políticos



Voltar