» Colunas » Editorial

Morre aos 83 anos Carlos Bayerlein

Mesmo aposentado a vinte e oito anos Carlos Bayerlein será sempre lembrado como o eterno chefe do serviço social da Cia Melhoramentos, nascido em Jundiaí veio para Caieiras e trabalhou durante vinte e quatro anos na Cia, passou por vários departamentos da empresa, de escriturário a chefe do serviço social, durante esse tempo conquistou a amizade e o respeito de todos, funcionários e patrões.Carlos Bayerlein foi casado com a Professora Marina Vieira Bayerlein, educadora sempre lembrada com carinho e respeito por aqueles que tiveram a felicidade de serem seus alunos.Grande estudioso do espiritismo o Sr. Carlos foi uma autoridade inconteste nesse delicado campo da religião, afável, invariavelmente com um sorriso amigo, Caieiras perde um filho ilustre que agora entra com justiça para a nossa história.

Jornal A Semana

Leia outras matérias desta seção
 » Liberdade de Imprensa
 » Caieiras: As trapalhadas do Gilmar
 » Caieiras:Mais um imbróglio da gestão Gilmar
 » Caieiras:Despesas de 2021 tem limite ultrapassado
 » Lagoinha e seus Jabutis
 » Recado para prefeitos "distraídos" ou caloteiros
 » Caieiras:Prefeitura inova na execução fiscal
 » Caieiras:Como cutucar a onça com vara curta
 » Caieiras:Professores quem liga para eles?
 » Caieiras: Prefeito corre o risco de virar peneira
 » Caieiras:Exemplo de como gastar o dinheiro público
 » Lagoinha o rei dos imbróglios, agora é o subsídio!
 » Semeando a discórdia
 » As licitações "bomba relógio" em Caieiras
 » Caieiras: O Município que nada em dinheiro
 » Dr. Peter (Juiz da Comarca) rejeita queixa crime do prefeito lagoinha contra o vice, dr. cleber
 » Prefeitos: Receita infalível para se tornar inelegível
 » Guedes inventa um pássaro sem asas
 » Janio Quadros: faz quase 40 anos que esteve em Caieiras
 » Caieiras: a loucademia de maus políticos



Voltar