» Colunas » Editorial

08/02/2018
Lei Orgânica de Caieiras a mudança sutil

A antiga em seu artigo 19 dizia:

O mandato da Mesa será de 02 (dois) anos, vedada a recondução para o mesmo cargo, na eleição imediatamente subseqüente na mesma Legislatura.

A nova (Lei 4995/2017) em seu artigo 19 diz:

O mandato da Mesa será de 02 (dois) anos,sendo permitida a recondução de seus membros para o mesmo cargo.

Isso quer dizer que a atual mesa presidida pelo Vereador Panelli pode continuar até 2020 no comando da Câmara.

Anteriormente a Lei (1994/90) o mandato era de 4 anos, ou seja, para toda a legislatura,.Os vereadores da época resolveram alterar para 2 anos e o motivo foi sentirem-se prejudicados. Agora, voltamos ao passado mas com a possibilidade de renovação em 2019 já que a eleição de dois em dois anos não mudou.

 


Edson Navarro

Leia outras matérias desta seção
 » Liberdade de Imprensa
 » Caieiras: As trapalhadas do Gilmar
 » Caieiras:Mais um imbróglio da gestão Gilmar
 » Caieiras:Despesas de 2021 tem limite ultrapassado
 » Lagoinha e seus Jabutis
 » Recado para prefeitos "distraídos" ou caloteiros
 » Caieiras:Prefeitura inova na execução fiscal
 » Caieiras:Como cutucar a onça com vara curta
 » Caieiras:Professores quem liga para eles?
 » Caieiras: Prefeito corre o risco de virar peneira
 » Caieiras:Exemplo de como gastar o dinheiro público
 » Lagoinha o rei dos imbróglios, agora é o subsídio!
 » Semeando a discórdia
 » As licitações "bomba relógio" em Caieiras
 » Caieiras: O Município que nada em dinheiro
 » Dr. Peter (Juiz da Comarca) rejeita queixa crime do prefeito lagoinha contra o vice, dr. cleber
 » Prefeitos: Receita infalível para se tornar inelegível
 » Guedes inventa um pássaro sem asas
 » Janio Quadros: faz quase 40 anos que esteve em Caieiras
 » Caieiras: a loucademia de maus políticos



Voltar