» Colunas » Editorial

27/01/2021
Caieiras: A vacina é escassa

Prefeito comemora a 1ª dose (veja na 1ª página)

O município de Caieiras recebeu até agora 1040 doses de vacina do Governo do Estado de São Paulo. O antígeno do vírus inativado Sars-Cov-2 é produzida pelo Instituto Butantan.(site pmc).

Ou seja, nada. Para uma população estimada em 100 mil habitantes as 1040 doses representam 1% do rebanho caieirense, os funcionários da saúde foram os escolhidos para recebe-las, nada mais justo.

Sobraram 99 mil caieirenses, ou seja: 99% do bom, manso e ordeiro povo. Enquanto isso os políticos se digladiam e os mais espertos tiram proveito posando como heróis.

A esperança são os laboratórios espalhados pelo mundo estarem produzindo tanta vacina daqui a alguns meses, que certamente a oferta será maior que a procura, isso, se algum deputado tupiniquim não resolver revogar a Lei econômica.

 

Fontes: Site pmc - Histórias do Congresso Nacional


Edson Navarro - Economista

Leia outras matérias desta seção
 » Caieiras: O desabafo pesado do Vice Prefeito
 » E o buraco nas finanças continua
 » Organizações pilantrópicas
 » Lagoinha e Gersinho qual a diferença ?
 » Caieiras:Multas de trânsito,para onde está indo o dinheiro
 » De filantrópica para Estatal será que muda?
 » Mais de 20 anos depois o Gaema descobre o maior lixão do Brasil
 » TCE adverte Lagoinha, começou cedo!
 » Saúde desnorteada, perigosa e desrespeitosa
 » Lixão: Povo pretende protestar
 » A Lei que choveu no molhado
 » Lei bola de cristal...os políticos videntes
 » Caieiras: A vacina é escassa
 » O prefeito de Caieiras e seu secretariado "alienígena"
 » Previsões para 2021 de Nostradamus
 » Ecos de um governo desastrado
 » Os presentes indesejáveis do TCE
 » Identificadas as forças ocultas que derrotaram Gersinho
 » Limpe tudo e entre na Casa limpa, Lagoinha.
 » O lixo que nunca acaba



Voltar