» Colunas » Editorial

14/09/2007
Na contramão

Enquete que vem sendo realizada por este  Jornal questionando a privatização ou não do hospital municipal, ainda sem funcionamento, dá conta da opinião maciça pela não entrega à iniciativa privada, seguindo os velhos padrões, ou seja, o contribuinte paga a conta e o particular leva.

Entretando, é preciso avaliar se o município tem condições de bancar o custo operacional do hospital, não se esquecendo que já tem várias unidades de saúde para tocar. O ponto de interrogação aparece quando as verbas públicas para a manutenção não são claras, do orçamento municipal parecem ser pouco prováveis que venham, como colocar o elefante branco para andar? - depender do Estado ou da União via repasse do SUS, cada vez mais precário?.

O vereador Hamamoto comentou da tribuna da Câmara que não seria possível funcionar o hospital mais a UBS central por 24 horas, ou um ou outro disse ele. A construção desse hospital reputado de importantíssimo para a região; corrre o risco de ser mais uma obra destinada a gerar problemas, como tantas que existem pelo País afora, mormente na àrea da saúde.

Portanto, a privatização não pode ser simplesmente descartada, pode vir a ser a solução, desde que devidamente licitada nos têrmos da Lei, sem seguir exemplos anteriores, lamentáveis.

Edson Navarro

Leia outras matérias desta seção
 » Liberdade de Imprensa
 » Caieiras: As trapalhadas do Gilmar
 » Caieiras:Mais um imbróglio da gestão Gilmar
 » Caieiras:Despesas de 2021 tem limite ultrapassado
 » Lagoinha e seus Jabutis
 » Recado para prefeitos "distraídos" ou caloteiros
 » Caieiras:Prefeitura inova na execução fiscal
 » Caieiras:Como cutucar a onça com vara curta
 » Caieiras:Professores quem liga para eles?
 » Caieiras: Prefeito corre o risco de virar peneira
 » Caieiras:Exemplo de como gastar o dinheiro público
 » Lagoinha o rei dos imbróglios, agora é o subsídio!
 » Semeando a discórdia
 » As licitações "bomba relógio" em Caieiras
 » Caieiras: O Município que nada em dinheiro
 » Dr. Peter (Juiz da Comarca) rejeita queixa crime do prefeito lagoinha contra o vice, dr. cleber
 » Prefeitos: Receita infalível para se tornar inelegível
 » Guedes inventa um pássaro sem asas
 » Janio Quadros: faz quase 40 anos que esteve em Caieiras
 » Caieiras: a loucademia de maus políticos



Voltar