» Colunas » Economia

16/11/2011
Quem não morre novo, velho ficará

“Quem não morre novo, velho ficará”

A máxima que abre a coluna de Bernt Entschev, publicada na Gazeta do Povo, em 11/10/2011 pode até parecer óbvia. Mas quem para e pensa sobre isso?

Em seu artigo, “Aposentadoria, um dia ela chegará”, o fundador da consultoria em recursos humanos De Bernt Entschev Human Capital, escreve sobre aposentadoria, como encará-la, como se preparar ou simplesmente como gozá-la com saúde e disposição.

Bernt sugere um teste e ressalta que “pensar na aposentadoria é como planejar a carreira, planejar um filho, planejar a compra de uma casa ou um carro, é simplesmente mais uma etapa deliciosa da vida”.

Faça o teste e avalie como está se preparando para esse momento que um dia chegará também para você.

1) Como você se sente quando chega em casa? 

a) Está sempre muito cansado. Nunca tem fôlego e disposição para fazer outras atividades fora do expediente. Só quer jantar e descansar. 

b) Sempre faz atividades extras. Esportes, idiomas, dança etc. “Quanto mais coisas você faz, mais disposição você tem”.

2) Além de contribuir com o INSS, você: 

a) Gasta todo o salário em outras coisas. Não separa nenhuma quantia mensal para investir, guardar ou fazer render. 

b) Com a ajuda de um economista, planejador financeiro ou mesmo sozinho, você conseguiu montar um esquema para fazer aquele “fundo reserva extra”. Tudo para ter segurança e estabilidade financeira maiores, além do salário da aposentadoria.

3) Falta pouco tempo para você se aposentar: 

a) Apesar de a hora de se aposentar já estar chegando, não tem a menor ideia do que fazer no tempo livre. Está perdido e sem rumo. 

b) Já sabe qual será seu rendimento médio e já tem planos claros das atividades que irá desenvolver quando tiver todo o tempo livre somente para você.

4) Sua família: 

a) Não sabe quando você se aposentará, nem quais mudanças isso implica na sua vida e na deles. 

b) Está ciente de quando isso tudo acontecerá e está pronta para auxiliar no que for preciso.

5) No seu trabalho: 

a) Sabem quando você se aposentará, mas não há planos específicos para sua saída. Não lhe comunicaram sobre os procedimentos que devem ser tomados e também parece que não haverá orientações neste período. A impressão é que você simplesmente sairá da empresa e pronto. 

b) Os gestores estão prontos e já planejam uma saída gradual para você, além disso, já há uma preocupação com o seu futuro pessoal. Preparação psicológica e apoio dos setores responsáveis, por exemplo.

Se você respondeu “b” para todas as perguntas, está no caminho mais adequado em direção ao momento em que decidir pela aposentadoria.

Veja artigo completo em: http://www.gazetadopovo.com.br/colunistas/conteudo.phtml?tl=1&id=1179070&tit=Aposentadoria-um-dia-ela-chegara


Série Previdência e Aposentadoria - Matéria 3


Isabel Bogajo Duarte- Jornalista
 



Leia outras matérias desta seção
 » Selic a 2% o Banco Central errou feio.....
 » Debate no Instituto de economia da Unicamp
 » TCE: Iprem Caieiras, má administração,irregularidades e prejuízo
 » Tributar Livros e Jornais
 » Planos de Saúde estão proibidos de reajustar
 » Nova gasolina:perguntas e respostas
 » Reforma Tributária
 » Declaração I.Renda do MEI
 » Organizações Sociais o peso da corrupção
 » Licitação: erros primários ou propositais?
 » Coronavírus vai custar caro para Caieiras
 » Pequenas empresas: sobrevivência a pandemia
 » Guedes inventa um pássaro sem asas
 » Redução de jornada e salário e suspensão de contratos
 » Crédito para micro e pequenas empresas
 » Redução do salário e jornada de trabalho-STF
 » Coronavírus vai deixar uma herança amarga
 » Na crise use a criatividade
 » Coronavírus:respiradores, a improvisação nacional
 » Coronavírus: Dia da mentira ou dos políticos, como queiram



Voltar