» Colunas » Saúde

15/06/2018
ayahuasca é antidepressivo segundo a UFRN

Uma pesquisa desenvolvida no Instituto do Cérebro (ICe) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte testou a ayahuasca como antidepressivo, e obteve resultados iniciais positivos em pessoas que apresentam quadro de depressão. A solução psicoativa é usada comumente em cerimônias religiosas, como Santo Daime e Jurema. Contudo a ciência tem se debruçado sobre a utilização medicinal desse chá.

É uma boa notícia para os 100 milhões de deprimidos no mundo, o cipó ayahuasca é natural da região amazônica e muito usado pelos índios.


UFRN

Leia outras matérias desta seção
 » ayahuasca é antidepressivo segundo a UFRN
 » Pulgões como acabar com a praga
 » Microondas porque a comida não é gostosa
 » Rinosinusite tratado geral
 » Álcool em pequenas doses pode proteger o cérebro
 » Sepse aprenda a reconhecer
 » Vírus da zika elimina câncer cerebral
 » Transplante de células-tronco é eficiente contra diabete tipo 1
 » Como Remover Super Bonder-Super colas
 » Interstício o novo órgão do corpo humano
 » Antibióticos: hepatotóxicos e nefrotóxicos
 » Autistas: novas pesquisas
 » Câncer raro é curado com imunoterapia
 » Hanseníase tem cura
 » Doenças do pênis
 » Sangramento no nariz
 » Remédios que podem fazer mal aos rins
 » DST - Doenças sexualmente transmissíveis
 » Coluna: Infiltração e bloqueio
 » Remédios que têm efeitos colaterais assustadores


Voltar