» Colunas » Saúde

23/01/2009
Fumantes correm risco 70% maior de precisar de tratamento de canal

Dentistas mostraram que fumo faz muito mais do que tornar os dentes feios. Quem deixa de fumar volta a correr risco normal após nove anos.

Que o hábito de fumar faz mal aos seus dentes e à sua gengiva já era sabido, porém agora cientistas alertam para o fato de que as lesões induzidas pelo cigarro podem ser mais graves ainda.

Leia mais Saúde em foco

O estudo foi realizado por dentistas de Boston, nos Estados Unidos, que encontraram um risco aumentado da necessidade de um tratamento de canal em fumantes. Foram mais de 800 pessoas no trabalho, que tiveram sua saúde oral acompanhada por 30 anos. Os fumantes apresentaram 70% mais chances de precisar de um tratamento de canal.

A relação entre o uso do cigarro e as lesões dentárias é dependente do tempo de tabagismo e da quantidade de cigarros. Quem fuma há menos de quatro anos tem um risco aumentado em 20% de precisar de um tratamento de canal. Já os que fumam entre cinco e 12 anos têm mais do que o dobro de chances de sofrer um tratamento de canal por causa do cigarro.

A boa noticia é que, após nove anos sem tabaco, seu risco volta aos níveis de quem nunca fumou. Essa pode ser mais uma razão para motivar quem quer parar de fumar.

Luis Fernando Correia é médico e apresentador do "Saúde em Foco", da CBN.

G1

Leia outras matérias desta seção
 » A pandemia e a depressão em crianças
 » Coronavírus x tipo sanguineo
 » Pomada para feridas diabéticas
 » Coronavírus:Omega 3 x Covid19
 » Reumatismo e seus vários tipos
 » Colesterol alto x coronavírus
 » Coronavírus:Imunidade cruzada
 » Coronavírus: Porque os Diabéticos correm mais risco
 » Canabidiol desenvolvido na USP chega às farmácias
 » Espinheira santa
 » Coronavírus: Pneumonia silenciosa
 » Coronavírus: Ar condicionado pode espalhar
 » Fakes sobre o coronavírus
 » Coronavírus: Doenças crônicas
 » Alcool gel exige cuidados
 » Coronavírus e o Oxímetro
 » Coronavírus: Uso do anticoagulante heparina
 » A batata Yacon e o diabetes
 » Coronavírus não é pior que as outras pandemias
 » Coronavírus: Remdesivir - antiviral


Voltar