» Colunas » Saúde

22/02/2010
Excesso de peso em diabéticos

Noticias

Saiba mais a respeito
15/2/2010 - Walter Minicucci

Quase sempre as pessoas que são diabéticas e estão com excesso de peso, são incentivadas pelo seu médico a fazer um regime para emagrecerem. Infelizmente, na maior parte dos casos, isto não acontece. Afinal, por que tanta preocupação em emagrecer? O que há entre diabetes e excesso de peso?

Em primeiro lugar é importante lembrar que excesso de peso, algumas vezes, não quer dizer gordura, nem o fato de uma pessoa não estar acima do peso normal, quer dizer que ela seja magra.

Um grande atleta pode pesar mais do que o "ideal" pela tabela de peso e altura e não ser gordo e sim musculoso, portanto ele não precisa perder peso.

Uma pessoa que nunca ou quase nunca fez exercícios, pode estar dentro da tabela de peso e altura, ter o peso ideal, e por ter pouca musculatura, ter mais "tecido gorduroso" do que o ideal.

Voltando à razão pela qual pedimos aos pacientes diabéticos gordos para emagrecerem, podemos resumir dizendo que a "gordura" piora as condições do diabético. Em todas pessoas, diabéticas ou não, o aumento do tamanho das células gordurosas faz com que as necessidades de insulina aumentem. Acontece que as células gordurosas e de outros locais onde a insulina é necessária (fígado e músculos), têm "receptores" onde as moléculas de insulina se encaixam.

Com o aumento de tamanho das células de gordura, diminui o número de seus receptores; e elas respondem menos a uma quantidade de insulina que antes era insuficiente. Para vencer essa resistência é necessária uma maior quantidade de insulina. Se esta pessoa tiver diabetes, não insulino dependente, e só com a dieta ela estivesse controlada, pode ser que precisasse de hipoglicemiantes orais. Se já estiver usando hipoglicemiantes orais, ela precisará de maior dosagem, ou pode ser que os hipoglicemiantes, mesmo nas maiores doses usadas, não sejam suficientes e elas precisarão usar insulina. No caso de quem já está usando insulina, uma maior dose é necessária.

O inverso acontece quando se perde peso. Alguns que usavam insulina passam a se controlar melhor com menor dose, outras deixam de usar insulina e se controlam com comprimidos. Outros diminuem a dose dos comprimidos hipoglicemiantes e outros conseguem controlar o seu diabetes, deixando de usar hipoglicemiantes orais.

Este mesmo tipo de resposta do organismo acontece com diabéticos que não estando com glicemias acima de 300 mg, passam a praticar regularmente uma atividade física.

Assim o excesso de peso deve ser controlado no paciente diabético, não só por ser um problema estético, ou para melhora global da saúde, mas principalmente porque auxilia e muito no controle da doença.

Portanto melhore o controle de seu diabetes e reduza a necessidade que seu organismo tem de medicamentos e/ou insulina: perca peso.

Fonte : Walter Minicucci  

portaldiabetes

Leia outras matérias desta seção
 » Ponte de Safena e stents não são melhores que medicamentos
 » Nova droga pode reverter Demência
 » Doença grave x Espiritualidade
 » Insônia
 » Stents-bypass ou medicamentos ?
 » Própolis verde
 » Exames de sangue para que servem
 » Exame de Urina tipo 1
 » Estatinas aumentam risco de osteoporose
 » Diabetes tipo 2 - protocolo oficial da SBD - 2019
 » Cocô ! Tratado Geral
 » Dieta Cetogênica
 » Manteiga Ghee como fazer
 » Coração x Café
 » Câncer x Café
 » Terapia anti-câncer CAR-T - USP
 » Própolis - USP-ESALQ
 » Cera de ouvido detecta câncer
 » HPN Hidrocefalia de pressão normal
 » Sal do Himalaia não é o que dizem


Voltar