» Colunas » Saúde

25/08/2010
Gaseificados em excesso é prejudicial à saúde

Noticias

Nutrição & Diabetes
20/8/2010 - Diabetes Nós Cuidamos

Escolher o que beber para acompanhar as refeições está ficando cada vez mais complicado. Além dos refrigerantes diet e light que já são velhos conhecidos do mercado, as indústrias estão lançando neste ano um grande número de novidades, prometendo novos sabores, novas fórmulas e garantindo que os produtos estão dentro das exigências de quem quer levar uma vida saudável. Nem mesmo a água é mais aquela velha conhecida. Agora ela vem em sabores e gaseificada.

“Apesar de não conterem açúcar e não inteferirem na glicemia, o diabético deve utilizar a água gaseificada com parcimônia”, adverte a nutricionista Paula Cristina Augusto da Costa, do Centro de Diabetes da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Esse cuidado deve ser tomado principalmente se o produto for consumido acompanhando a refeição. Isso porque se o consumo for grande, a pessoa tende a perder a fome, se sentindo saciada com porções menores de alimento e correndo o risco de não ingerir a quantidade necessária de nutrientes e carboidratos para evitar uma hipoglicemia, explica a nutricionista.

O mesmo pode acontecer se o consumo ocorrer durante os lanches entre as principais refeições. Paula lembra que refrigerantes e águas com sabor passam por processo de industrialização e têm em sua composição uma série de conservantes que, se consumidos em excesso, também podem ser prejudiciais. Além disso, bebidas gasosas apresentam grande quantidade de fósforo, que em excesso no organismo atrapalha a absorção de cálcio e isso pode prejudicar o desenvolvimento de ossos e dentes das crianças. Pelo mesmo motivo, o abuso dessas bebidas é desaconselhado na prevenção da osteoporose. Bebidas com adoçante também costumam apresentar sódio em sua composição e isso, por si só, é razão para que pessoas hipertensas as consumam com moderação.

“É sempre bom que a bebida industrializada não seja a única forma de hidratação e o ideal é que a água natural seja a bebida de preferência”, ensina a especialista.

Após ingerir refrigerantes, mesmo que não seja como acompanhamento, é bom fazer a higiene bucal, em especial aqueles que contêm cafeína em sua composição, substância que pode provocar manchas nos dentes. Outro efeito da cafeína, lembra Paula, é provocar enfraquecimento nos ossos, principalmente em mulheres na fase da menopausa.



Leia outras matérias desta seção
 » Dieta Cetogênica
 » Manteiga Ghee
 » Coração x Café
 » Câncer x Café
 » Terapia anti-câncer CAR-T - USP
 » Própolis - USP-ESALQ
 » Cera de ouvido detecta câncer
 » HPN Hidrocefalia de pressão normal
 » Sal do Himalaia não é o que dizem
 » Insuficiência cardíaca: novo medicamento
 » Mirtilo (blueberries) baixa a pressão
 » Herpes genital
 » Demência: anticolinérgico aumenta o risco
 » Refrigerantes e Sucos x Câncer
 » Queimaduras o que fazer
 » Planos de Saúde:novas regras de portabilidade
 » Câncer de Mama: novo medicamento
 » Alimentos que aumentam 60% o risco de morte
 » Guia da Demência
 » Losartana pode causar câncer de pele


Voltar