» Colunas » Saúde

04/09/2010
Spray de insulina

Noticias

Novidade !
2/9/2010 - Portal Diabetes

O diabete melito (DM), também chamado de diabetes mellitus, é uma doença caracterizada por uma elevação da concentração sanguínea da glicose, um açúcar circulante no sangue.Isto ocorre porque no DM o organismo não produz insulina ou esta não atua de modo adequado (resistência insulínica).

A insulina é um hormônio produzido pelas células beta do pâncreas e permite que a glicose entre para o interior das células, atuando como uma fonte de energia.

No Brasil existem mais de 8 milhões de diabéticos.Estima-se que a metade destes indivíduos desconheçam a sua doença.O tratamento do DM envolve dieta, exercícios físicos, perda de peso (quando há sobrepeso ou obesidade), e o uso de medicamentos orais e/ou injeções de insulina.

No entanto, o desconforto causado pelas injeções de insulina parece estar com os seus dias contados.Na Índia e no Equador já foi lançada uma insulina sob a forma de spray líquido, que é absorvida diretamente pela mucosa da boca, sem chegar a ser inalada pelos pulmões.

O produto está em fase final de testes nos Estados Unidos.O dispositivo que libera a insulina é semelhante aos utilizados para o tratamento da asma.Quando se utiliza o spray, o diabético deve comer no próximo minuto, sendo que a insulina atinge um pico de ação 30 minutos após ter sido adminstrada, e permanece agindo no máximo por duas horas.

Fonte:American Diabetes Association.


Leia outras matérias desta seção
 » Nova droga pode reverter Demência
 » Doença grave x Espiritualidade
 » Insônia
 » Stents-bypass ou medicamentos ?
 » Própolis verde
 » Exames de sangue para que servem
 » Exame de Urina tipo 1
 » Estatinas aumentam risco de osteoporose
 » Diabetes tipo 2 - protocolo oficial da SBD - 2019
 » Cocô ! Tratado Geral
 » Dieta Cetogênica
 » Manteiga Ghee como fazer
 » Coração x Café
 » Câncer x Café
 » Terapia anti-câncer CAR-T - USP
 » Própolis - USP-ESALQ
 » Cera de ouvido detecta câncer
 » HPN Hidrocefalia de pressão normal
 » Sal do Himalaia não é o que dizem
 » Insuficiência cardíaca: novo medicamento


Voltar