» Colunas » Saúde

28/11/2011
Iogurte fortificado com vitamina D protege diabéticos contra doenças cardíacas.

Bebida melhora níveis de colesterol e de biomarcadores de disfunção endotelial, precursores de doenças cardíacas em diabéticos

Consumo regular de bebida à base de iogurte enriquecida com vitamina D melhora níveis de colesterol e de biomarcadores de disfunção endotelial em diabéticos.

Carência de vitamina D afeta o revestimento interno dos vasos sanguíneos (células endoteliais) e pode levar à aterosclerose e à doença cardiovascular. A disfunção endotelial pode ser medida pelos níveis altos de um conjunto de biomarcadores, como o soro de endotelina-1, E-Selectina e MMP-9. Em um estudo duplo-cego, pesquisadores do Teerã pesquisaram o efeito da vitamina D sobre o estado glicêmico, os níveis de colesterol e os biomarcadores endoteliais dos diabéticos. Os pacientes receberam uma bebida à base de iogurte natural (Doogh) ou a mesma bebida fortificada com vitamina D, duas vezes por dia durante 12 semanas.

Os pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas e da Faculdade de Nutrição e Tecnologia de Alimentos já haviam mostrado que beber uma à base de iogurte fortificada com vitamina D poderia melhorar o estado glicêmico das pessoas com diabetes tipo 2. Em colaboração com a Tehran University of Medical Sciences, a nova pesquisa mostrou que a vitamina D melhorou a glicemia em jejum, a insulina, o QUICK1 (uma medida de resistência à insulina), e encontrou alguma melhoria na HbA1c a longo prazo.

Neyestani explicou que "Os pacientes que tomaram a bebida à base de iogurte fortificada com vitamina D também tinham melhorado os níveis de colesterol com menor colesterol total e LDL e um aumento do HDL. Todas as melhorias nos níveis de colesterol parecem dever-se à redução na resistência à insulina. Os níveis dos biomarcadores da disfunção endotelial, soro endotelina-1, E-Selectina e MMP-9, também foram menores para os pacientes que tomaram a bebida enriquecida com vitamina D".

Djazayery disse que "A maioria dos nossos pacientes tinham deficiência de vitamina D no início do ensaio, mas a bebida à base de iogurte fortificada elevou seus níveis ao normal. No entanto, mesmo entre aqueles que tomaram o suplemento de vitamina D, algumas pessoas (cerca de 5 %) permaneceram deficientes ao final das 12 semanas. Essas pessoas não apresentaram as mesmas melhorias. No entanto para a maioria dos diabéticos com deficiência de vitamina D esta é uma maneira fácil de melhorar seu resultado".

 


Portal Diabetes

Leia outras matérias desta seção
 » Vacinação: Perguntas e Respostas
 » Coronavírus :em nossas UTIs as mortes são altas
 » Melatonina uma muralha contra o covid19 no pulmão
 » Coronavírus: A nova variante mais contagiante
 » Coronavírus: Cientistas da USP fazem um panorama da situação
 » Alimentos que reduzem o colesterol e o triglicérides
 » Droga experimental pode reverter problemas na memória
 » Teste do covid19 pela saliva
 » Coronavírus: inflamassomas
 » O calor veio para ficar
 » Artrite reumatóide x hemopressina
 » Cirurgia combinada catarata mais buraco macular
 » Coronavírus o que temos hoje para combater
 » Própolis vermelha é anticancerígena
 » Catarata: proteína pode estar ligada a ela
 » Coronavírus: Vitamina D ajuda
 » Bactérias da Antartica contra o câncer
 » Corticóides contra o coronavírus
 » Zolgensma o absurdo de US$ 2 milhões
 » Com tratamento precoce risco de morte cai


Voltar