» Colunas » Saúde

05/12/2011
Orientações dietéticas para o paciente diabético com insuficiência renal crônica.

1) Preparar os alimentos sem excesso de sal. Os temperos caseiros podem ser usados com liberdade moderada.

2) Evitar alimentos que contenham sal, como:

- Presunto, apresuntado, linguiça, mortadela, salsicha, carne de sol, bacon, salame, queijo, biscoito salgados, pão de sal, margarina com sal;

- Não ingerir alimentos industrializados como: batata frita, amendoim salgado, pipoca, chips, castanha de caju e outros usados como petiscos;

- Alimentos como ervilha, milho verde, azeitona, extrato de tomate e outras conservas, não devem ser ingeridos sem prescrição, pois a água em que são conservados contém muito sódio (sal);

- Evitar temperos industrializados como: molho inglês, catchup, molho de soja, picles, caldos em cubos de carne, mostarda e molho de pimenta;

- Não usar sal dietético (Dieta Sal®, Saurita®), sem orientação médica.

- Ler atentamente os rótulos de produtos industrializados. Se contiverem sódio, evitar ingeri-los.

3) Evitar a ingestão de medicamentos sem prescrição médica; pois alguns medicamentos contêm sódio em sua composição. É o caso de alguns laxantes, sais de fruta, antibióticos, salicilatos, bicarbonato de sódio, etc.

4) Observar o teor de potássio dos alimentos, e comer apenas as quantidades recomendadas para você.

- EVITAR: Abacate, abacaxi, banana prata, maracujá, melão, nectarina, acelga, aipo, almeirão, batatas, beterraba, cará, cenoura, couve, espinafre, feijão, mandioca, rabanate, água de coco, laranja, tomate, uva e outros.

- É aconselhável desprezar a calda dos doces de frutas ( mesmo os diet ) com teor moderado de potássio. Caso utilize doces, diet ou não, os mais indicados são goiabada, marmelada, doce de mamão, doce de abacaxi, doce de cidra, doce de manga, doce de pêssego. Mas lembre-se: esses alimentos podem descontrolar a glicemia se não estiverem dentro de um plano alimentar saudável.

5) A Carambola é proibida, pois é tóxica e pode causar a morte no paciente com insuficiência renal.

6) O controle do fósforo também é muito importante na sua dieta. EVITAR: Amendoim, amêndoas, castanhas, chocolate, coco, açúcar mascavo, doce de leite.

7) A quantidade de proteína utilizada em sua dieta deverá ser de acordo com a prescrição do seu nutricionista. A quantidade ideal dependerá da evolução da doença e do seu peso. EVITAR: Excesso de carne, leite e derivados.

8) Preparar seus alimentos sempre que possível com óleo vegetal (soja, milho, arroz, canola, etc.). Evitar o uso de gordura animal. A margarina ou a manteiga sem sal podem ser consumidas.

9) As quantidades de alimentos prescritos em sua dieta poderão se alterar em função dos resultados de seus exames. Mantenha um acompanhamento nutricional periódico. Nunca utilize um alimento se não tiver certeza de que ele é permitido para você. Seguir corretamente as orientações dadas pelo Nutricionista é fundamental para o bom andamento do seu tratamento.


Espaço Diabetes

Leia outras matérias desta seção
 » Coronavírus:Omega 3 x Covid19
 » Reumatismo e seus vários tipos
 » Colesterol alto x coronavírus
 » Coronavírus:Imunidade cruzada
 » Coronavírus: Porque os Diabéticos correm mais risco
 » Canabidiol desenvolvido na USP chega às farmácias
 » Espinheira santa
 » Coronavírus: Pneumonia silenciosa
 » Coronavírus: Ar condicionado pode espalhar
 » Fakes sobre o coronavírus
 » Coronavírus: Doenças crônicas
 » Alcool gel exige cuidados
 » Coronavírus e o Oxímetro
 » Coronavírus: Uso do anticoagulante heparina
 » A batata Yacon e o diabetes
 » Coronavírus não é pior que as outras pandemias
 » Coronavírus: Remdesivir - antiviral
 » Coronavírus: veja a posição da sua Cidade no ranking de mortes
 » Anita contra o coronavírus
 » Coronavírus: visão geral


Voltar