» Colunas » Saúde

07/12/2011
Vem chegando o Natal !!!

Especialista aconselha aproveitar as ceias com moderação.

Brenda Melo Duarte

Nas ceias de fim de ano o que não faltam são guloseimas. Talvez essa seja uma das épocas mais difíceis para os diabéticos. Afinal, não deve ser fácil manter diariamente os índices glicêmicos sob controle com tantos doces, salgados e bebidas. Mas seguindo algumas orientações dá para curtir as festas e não passar vontade.

O endocrinologista Walter Minucucci, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes, comenta que o que determina se o paciente vai poder consumir todos os alimentos da ceia é o tipo de tratamento.

“Quem faz insulinização ativa (aplica de 3 a 4 injeções de insulina diariamente) ou se trata com bomba de insulina provavelmente vai poder comer um doce com açúcar.

Mas tudo deve ser feito com moderação e com a avaliação do médico”. De modo geral, Minucucci orienta aos diabéticos que evitem o consumo de açúcar e que comam moderadamente carboidrato. “Não há uma dieta certa para todos os pacientes. O profissional deve avaliar o que considera adequado para as necessidades e condições de cada um”.

Moderação

O especialista alerta que moderação é o segredo. Tudo deve ser consumido em pequenas porções. Uma dica é escolher apenas um tipo de carboidrato no prato principal (arroz, farofa, massa ou batata) e um tipo de carne.

Na hora da sobremesa, não se esqueça de que o açúcar não está apenas presente no pudim de leite condensado ou no bolo de chocolate. “A fruta possui diversos nutrientes, incluindo a frutose e a glicose. Se for consumida em excesso pode aumentar a glicemia”.

Fique atento também aos sucos naturais.Um suco de laranja, por exemplo, pode concentrar mais que uma unidade da fruta. Bebidas alcoólicas são permitidas, mas com muita moderação. De acordo com o endocrinologista, não devem ser consumidos mais de dois copos. “É importante se alimentar bem antes de ingerir bebida alcoólica e a hidratação com água é fundamental”.

Outras informações que podem ajudar a melhor a qualidade de vida dos diabéticos podem ser encontradas no site da Sociedade Brasileira de Diabetes


A Tribuna.

Leia outras matérias desta seção
 » Artrite reumatóide x hemopressina
 » Cirurgia combinada catarata mais buraco macular
 » Coronavírus o que temos hoje para combater
 » Própolis vermelha é anticancerígena
 » Catarata: proteína pode estar ligada a ela
 » Coronavírus: Vitamina D ajuda
 » Bactérias da Antartica contra o câncer
 » Corticóides contra o coronavírus
 » Zolgensma o absurdo de US$ 2 milhões
 » Com tratamento precoce risco de morte cai
 » Colchicina age contra o coronavírus
 » Tuberculose novos fármacos para o futuro
 » Coronavírus: perda repentina do olfato
 » Coma Ovo.....ou não ?
 » Guaraná contra o diabetes tipo 2
 » Nova terapia para o mal de Parkinson
 » Coronavírus são seis tipos com sintomas diferentes
 » Coronavírus: teste pelo plano de saúde
 » A pandemia e a depressão em crianças
 » Coronavírus x tipo sanguineo


Voltar