» Colunas » Saúde

13/06/2012
Adoçantes : Que tal conhecê- los melhor ?

Falar sobre adoçantes, também conhecidos como edulcorantes é sempre um assunto polêmico, que gera dúvidas á população em geral.

O adoçante é uma substância sem valor calórico ou insignificante e tem o poder de adoçar,assim como a sacarose, sendo um substituto do açúcar. Por ser iseto de calorias e carboidratos torna-se um produto de uso dos diabéticos e por pessoas que desejam perder peso.

Em sua composição, existem diversas substâncias que os diferenciam, por exemplo: aspartame, ciclamato de sódio, Acesulfame K, sacarina e sucralose.

Não existe nenhuma restrição na recomendação ou uso dos edulcorantes. Especialistas dizem que o adoçante tem um efeito benéfico á saúde desde que consumido com moderação.

O uso desses edulcorantes deve ser de recomendação médica ou nutricional, e não deve ultrapassar a ingestão / dia, que segundo a FDA, nos Estados Unidos, é de 10 gotas/dia quando líquidos ou 6 pacotinhos de 1g quando em pó.
Qualquer pessoa pode usar adoçante? Essa é uma das maiores dúvidas apresentadas pela população. A recomendação vai de acordo com a substância química de cada adoçante.

    Acessulfame K: Produto não indicado para pessoas com deficiências renais que necessitam limitar a ingestão de potássio (K), mas é permitido para pessoas com diabetes.
    Aspartame: Contra-indicado para fenilcetonúricos, ou seja, pessoas que têm deficiência genética hereditária e se caracteriza pela falta de uma enzima impedindo que o organismo metabolize e elimine o aminoácido fenilalanina, e para gestantes e lactentes. É permitido para pessoas com diabetes por não ter impacto na glicemia.
    Ciclamato e Sacarina: são contra-indicados para hipertensos por possuírem sódio em sua formulação e consequentemente se consumidos em grande quantidade podem interferir no controle da pressão.

É interessante, como sugestão de uso, um rodízio das marcas e das substâncias prevalentes.


Doce Vida

Leia outras matérias desta seção
 » Canabidiol (maconha) ajuda na dor crônica
 » Idosos alguns cuidados para se manter vivo
 » Alisar cabelo - os perigos
 » O idoso e a demência
 » Coronavac 3ª dose porque tomar
 » Covid19 - Atualização
 » Coronavac x doenças autoimunes
 » Imunização contra covid está comprometida
 » O vírus de Marburg - mais um perigoso
 » Leishmaniose tem mecanismo desvendado
 » Nova abordagem para metástese
 » Quais as diferenças entre as vacinas
 » Coronavírus: A variante Indiana
 » Cárie infantil RX não é indicado
 » Vacinas quando tomar a 2ª dose
 » Vacinas: quanto tempo dura a proteção?
 » CoronaVac para além dos anticorpos
 » Vacinar 15% da população é
 » Coronavírus só a idade não é fator determinante
 » Coronavírus: não existe mais grupos de risco


Voltar