» Colunas » Saúde

24/09/2008
Alguns benefícios do vinho também estão no suco de uva, dizem estudos

Bebida não-fermentada também reduz risco de coágulos. Suco de uva pode diminuir pressão e níveis de colesterol.

Hoje em dia os benefícios cardiovasculares de uma taça diária de vinho já são bem conhecidos. Mas muitos abstêmios se perguntam se podem colher os mesmos benefícios a partir do irmão não-fermentado do vinho, ou se eles estão mesmo completamente excluídos.

O suco de uva pode não proporcionar muita animação, mas você ainda pode brindar à saúde por sua capacidade de evitar doenças cardíacas. O consumo moderado de álcool pode dilatar vasos sangüíneos e aumentar os níveis de HDL, o colesterol "bom". Mas as substâncias do vinho tinto que, acredita-se, oferecem muitos benefícios para o coração – resveratrol e flavonóides – também são encontradas no suco de uva, especialmente aquela variedade feita partir de uvas vermelhas e roxas do tipo Concord.

Estudos independentes descobriram que, assim como o álcool, o suco de uva pode reduzir o risco de coágulos de sangue e evitar que o LDL (colesterol "ruim") grude nas artérias coronárias, entre outros benefícios cardíacos. Um estudo, conduzido por cientistas da Universidade de Wisconsin e publicado no periódico "Circulation", analisou os efeitos de duas doses diárias de suco de uva Concord em 15 pessoas com doenças coronárias arteriais.

Após duas semanas, as pessoas tiveram um aumento no fluxo sangüíneo e redução na oxidação do LDL. O LDL oxidado pode causar danos às artérias.

Outros estudos em humanos e animais, incluindo um publicado ano passado no periódico "Atherosclerosis", demonstraram que o consumo diário pode diminuir a pressão sangüínea e os níveis de colesterol. Mas atenção: algumas variedades de suco contêm açúcar e ingredientes artificiais.



G1

Leia outras matérias desta seção
 » Leishmaniose tem mecanismo desvendado
 » Nova abordagem para metástese
 » Quais as diferenças entre as vacinas
 » Coronavírus: A variante Indiana
 » Cárie infantil RX não é indicado
 » Vacinas quando tomar a 2ª dose
 » Vacinas: quanto tempo dura a proteção?
 » CoronaVac para além dos anticorpos
 » Vacinar 15% da população é
 » Coronavírus só a idade não é fator determinante
 » Coronavírus: não existe mais grupos de risco
 » Vitaminas em excesso são prejudiciais
 » Coronavírus x Gripe espanhola a história se repete
 » Coronavírus: Aspirina pode ser benéfica
 » Coronavírus: Macrófago é um dos vilões
 » Coronavírus:Pode permanecer mais de 14 dias no organismo
 » Coronavírus:Pacientes resistentes podem ajudar
 » Leucemia linfoide aguda (LLA),
 » Coronavírus:Antiviral é aprovado
 » Coronavírus:catástrofe iminente


Voltar