» Colunas » Saúde

24/11/2008
Composto do alho revela-se promissor no tratamento da diabetes

Tratamento do diabetes tipo 1 e 2.

Investigadores japoneses revelaram que um fármaco baseado num químico encontrado no alho ajudou a tratar a diabetes tipo 1 e 2 em ratos, reduzindo os níveis de glicose no sangue.

O Dr. Hiromu Sakurai e colegas, da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade de Suzuka, administraram oralmente o fármaco baseado em vanádio e alicina, um componente encontrado no alho, a ratos com diabetes tipo 1.

Em trabalhos anteriores, os investigadores tinham descoberto que o composto de vanádio e alicina tratava ambos os tipos de diabetes quando injetado, mas este novo estudo, publicado online na revista científica “Metallomics”, da Sociedade Real de Química do Reino Unido, demonstra que o fármaco é promissor como tratamento oral para esta doença metabólica.

A diabetes tipo 1 atualmente é tratada com injeções diárias de insulina, enquanto a diabetes tipo 2 é tratada com fármacos, sendo que alguns apresentam efeitos secundários.

Isabel Marques

Ler mais: UPI.com

PortalDiabetes.com.br

Leia outras matérias desta seção
 » Carambola uma fruta neurotóxica
 » Cardíacos e Idosos muita cautela em tomar Aspirina
 » Doenças transmitidas por animais
 » Canabidiol (maconha) ajuda na dor crônica
 » Idosos alguns cuidados para se manter vivo
 » Alisar cabelo - os perigos
 » O idoso e a demência
 » Coronavac 3ª dose porque tomar
 » Covid19 - Atualização
 » Coronavac x doenças autoimunes
 » Imunização contra covid está comprometida
 » O vírus de Marburg - mais um perigoso
 » Leishmaniose tem mecanismo desvendado
 » Nova abordagem para metástese
 » Quais as diferenças entre as vacinas
 » Coronavírus: A variante Indiana
 » Cárie infantil RX não é indicado
 » Vacinas quando tomar a 2ª dose
 » Vacinas: quanto tempo dura a proteção?
 » CoronaVac para além dos anticorpos


Voltar