» Colunas » Saúde

23/01/2009
Terapias psicológicas podem ajudar mulheres com TPM, indica estudo

23 de janeiro de 2009 (Bibliomed). Uma revisão de estudos realizada por pesquisadores canadenses sugere que intervenções psicológicas podem ajudar a controlar a tensão pré-menstrual. Publicada na edição de janeiro da revista Psychotherapy and Psychosomatics, a pesquisa sugere que terapia cognitivo-comportamental pode oferecer efeitos benéficos no controle de sintomas como ansiedade e depressão.

Os pesquisadores da Universidade McMaster selecionaram e avaliaram estudos que incluíam mulheres com a síndrome pré-menstrual, que foram divididas em dois grupos – um cujas participantes foram submetidas a uma “intervenção psicológica”, e outro como controle. No total, foram avaliados nove estudos, dos quais cinco haviam testado terapia cognitivo-comportamental.

As análises indicaram que essa terapia reduzia em 42% a ansiedade e em 45% a depressão, além de apresentar efeitos benéficos em mudanças de comportamento e em “sintomas da vida diária”. Por outro lado, o monitoramento dessas mulheres como forma de terapia e a educação não foram associadas a um melhor controle dos sintomas.

De acordo com os especialistas, porém, as evidências apresentadas por esses estudos são de “baixa qualidade” devido a características diversas das pesquisas analisadas, incluindo metodologia e população avaliada. Por isso, mais estudos são necessários para avaliar a eficácia dessas intervenções.

Fonte: Psychotherapy and Psychosomatics. Janeiro de 2009.

UOL

Leia outras matérias desta seção
 » Câncer de sangue - nova terapia
 » Câncer retal curado
 » Sequelas de quem teve Covid-19
 » Zeaxantina protege os olhos
 » Emagrecedores proibidos pela Anvisa
 » Doença Falciforme a cura
 » Losartana:remédios são recolhidos
 » AVC ou derrame o que é ?
 » Câncer no testículo
 » Fungos podem transmitir doenças graves
 » Covid19 vírus desafia nossa imunidade
 » Covid19 e o Dímero-D
 » Assombroso não é ter câncer, mas sim não ter
 » Os chás que são venenos ou não ?
 » Vacinas com vírus desativados protegem mais
 » Aterosclerose e seus fatores de risco
 » Vacina em crianças
 » Câncer de tireoide em mulheres, superdiagnosticadas?
 » Leuclopasia oral
 » Melatonina


Voltar