» Colunas » Saúde

07/07/2009
Insulina Glargina, dúvidas

GLARGINA

Redação On-line da SBD - 29/06/2009 13:53

Principalmente nos últimos anos, com o desenvolvimento substancial das estratégias de vigilância epidemiológica e da metodologia estatística, vários estudos que estão sendo publicados apresentam conclusões controversas e muitas vezes conflitantes com o conhecimento médico tradicional. A recente polêmica envolvendo a alegação de um possível aumento do risco de câncer com o uso da insulina glargina foi baseada em quatro estudos de base populacional cujos resultados, segundo os próprios autores, “estão longe de serem conclusivos”.

Nesta oportunidade, a SBD não pretende discutir o mérito dos estudos e de suas conclusões, mas pretende apenas ressaltar a importância de atitudes racionais e cautelosas da classe médica e das pessoas com diabetes que estejam em tratamento com a insulina glargina, até que informações e conclusões mais precisas sobre o assunto estejam disponíveis. Até então, a não ser por orientação médica específica, a SBD não recomenda a suspensão imediata da insulina glargina dos pacientes em tratamento com este fármaco.

Finalmente, a SBD conclama a classe médica brasileira a aderir e promover a cautela e a necessária tranquilidade para seus pacientes, evitando o ambiente de pânico desnecessário, até que os fatos sejam devidamente esclarecidos.

São Paulo, 29 de junho de 2009



Dra. Marília de Brito Gomes

Presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes

Portal diabetes

Leia outras matérias desta seção
 » Carambola uma fruta neurotóxica
 » Cardíacos e Idosos muita cautela em tomar Aspirina
 » Doenças transmitidas por animais
 » Canabidiol (maconha) ajuda na dor crônica
 » Idosos alguns cuidados para se manter vivo
 » Alisar cabelo - os perigos
 » O idoso e a demência
 » Coronavac 3ª dose porque tomar
 » Covid19 - Atualização
 » Coronavac x doenças autoimunes
 » Imunização contra covid está comprometida
 » O vírus de Marburg - mais um perigoso
 » Leishmaniose tem mecanismo desvendado
 » Nova abordagem para metástese
 » Quais as diferenças entre as vacinas
 » Coronavírus: A variante Indiana
 » Cárie infantil RX não é indicado
 » Vacinas quando tomar a 2ª dose
 » Vacinas: quanto tempo dura a proteção?
 » CoronaVac para além dos anticorpos


Voltar