» Colunas » Saúde

07/05/2010
Vitamina B e doença renal

Noticias

Um estudo relaciona a terapia com a deterioração da função renal
5/5/2010 - Medline Plus

Um novo estudo mostra que a terapia com altas doses de vitamina B é perigosa para diabéticos com doença renal e os pacientes que seguem este regime devem conversar com seu médico a respeito.

Quando os pesquisadores iniciaram o estudo, pensaram que o mesmo iria mostrar que a terapia com altas doses de vitamina B (ácido fólico, vitamina B6 e vitamina B12) poderia melhorar a função renal dos pacientes e reduzir o risco de ataques cardíacos e derrames.

No entanto, verificou-se que nos pacientes que estavam em tratamento com doses elevadas de vitamina B a função do rim havia se deteriorado significativamente e ocorreu o dobro de eventos cardíacos e derrames do que em pacientes que tomam um placebo.

"Como as vitaminas B são solúveis em água, nós suspeitamos de que diferente das pessoas saudáveis que eliminam o excesso de vitaminas através da urina, aqueles com insuficiência renal não podiam fazê-lo, o que acabou causando efeitos secundários observados neste estudo", disse em um comunicado de imprensa o Dr. David Spence da Universidade de Western Ontario, no Canadá.

"A terapia com vitamina B pode ser benéfica para pessoas com função renal normal, embora exista clara evidência de que altas doses de vitamina B não devem ser administrada a pessoas com problemas renais", acrescentou.

O estudo aparece na edição de 28 de abril do Jornal da Associação Médica Americana.

Cerca de quarenta por cento dos pacientes com diabetes desenvolve a doença renal.


HealthDay artigo, traduzido por HispaniCare
 


Leia outras matérias desta seção
 » Leishmaniose tem mecanismo desvendado
 » Nova abordagem para metástese
 » Quais as diferenças entre as vacinas
 » Coronavírus: A variante Indiana
 » Cárie infantil RX não é indicado
 » Vacinas quando tomar a 2ª dose
 » Vacinas: quanto tempo dura a proteção?
 » CoronaVac para além dos anticorpos
 » Vacinar 15% da população é
 » Coronavírus só a idade não é fator determinante
 » Coronavírus: não existe mais grupos de risco
 » Vitaminas em excesso são prejudiciais
 » Coronavírus x Gripe espanhola a história se repete
 » Coronavírus: Aspirina pode ser benéfica
 » Coronavírus: Macrófago é um dos vilões
 » Coronavírus:Pode permanecer mais de 14 dias no organismo
 » Coronavírus:Pacientes resistentes podem ajudar
 » Leucemia linfoide aguda (LLA),
 » Coronavírus:Antiviral é aprovado
 » Coronavírus:catástrofe iminente


Voltar