» Colunas » Saúde

09/06/2011
Diabulimia: diabetes TIPO 1 + anorexia

 Diabulimia: diabetes TIPO 1 + anorexia

Uma síndrome de recente repercussão social é a diabulimia, que é uma combinação perigosa e explosiva. Nela coincidem a diabetes e os transtornos alimentares.
Afeta sobretudo as mulheres que sofrem de diabetes e que devem ter um especial cuidado na sua alimentação.

Até parece mentira, mas quem sofre de diabulimia aproveita que é diabético para emagrecer. Trata-se de uma perigosa patologia em que se misturam o diabetes tipo I e os transtornos alimentares.
As pessoas, sobretudo mulheres, que sofrem este tipo de diabetes devem ter um rigoroso controle de sua alimentação, o que pode dar lugar a obsessões e desordens alimentares.
Incluindo o exercício, tão saudável para os diabéticos, pode converter-se em uma arma perigosa ao realizar-se de forma compulsiva para emagrecer.

Os especialistas têm descoberto que muitas meninas diabéticas utilizam uma forma muito perigosa de perder peso: deixam de tomar ou pulam as injeções de insulina.
Sem insulina no sangue o corpo não pode utilizar os alimentos ingeridos como fonte de energia e a maioria das calorias se perdem. O que faz com que o organismo utilize as reservas de gordura a um preço muito alto, já que isto se traduz em perda de massa muscular e óssea, e em desnutrição.
Aumentando seu nível de glicose no sangue não é necessário vomitar, tomar laxantes ou comer pouco.

Porém, deixar de tomar ou pular as injeções de insulinas pode ter conseqüências terríveis, desde a cegueira a falha renal, ao coma diabético e cetoacidose ou a amputação de membros.


Leia outras matérias desta seção
 » Carambola uma fruta neurotóxica
 » Cardíacos e Idosos muita cautela em tomar Aspirina
 » Doenças transmitidas por animais
 » Canabidiol (maconha) ajuda na dor crônica
 » Idosos alguns cuidados para se manter vivo
 » Alisar cabelo - os perigos
 » O idoso e a demência
 » Coronavac 3ª dose porque tomar
 » Covid19 - Atualização
 » Coronavac x doenças autoimunes
 » Imunização contra covid está comprometida
 » O vírus de Marburg - mais um perigoso
 » Leishmaniose tem mecanismo desvendado
 » Nova abordagem para metástese
 » Quais as diferenças entre as vacinas
 » Coronavírus: A variante Indiana
 » Cárie infantil RX não é indicado
 » Vacinas quando tomar a 2ª dose
 » Vacinas: quanto tempo dura a proteção?
 » CoronaVac para além dos anticorpos


Voltar