» Colunas » Saúde

13/09/2011
Diabéticos devem controlar o sal .

Controlar a quantidade de sal nas refeições deve ser um hábito adotado por qualquer pessoa preocupada em manter a saúde e a qualidade de vida. Esse hábito é ainda mais importante para as pessoas que têm alguma doença, como é o caso de diabéticos e hipertensos.

Segundo a nutricionista Isabela Pimentel, do Hospital do Coração de São Paulo (Hcor), o sal retém líquidos e prejudica os rins. Como o diabético pode vir a desenvolver problemas renais, o uso acentuado de sal pode acelerar um eventual processo de degeneração da função renal.

A nutricionista explica que para pessoas saudáveis a quantidade máxima de sal recomendada é de 10 gramas por dia. Para diabéticos e hipertensos, essa quantidade não deve ultrapassar os 6 gramas diários. Ela adverte que isso se refere não só ao sal servido à mesa, mas, também, à quantidade utilizada na preparação dos alimentos e na que integra produtos industrializados, como embutidos e enlatados.

Quem precisa conter o uso do sal pode lançar mão de outros temperos. A preferência deve voltar-se para ervas naturais, como orégano, salsinha, cominho, manjerona e manjericão, entre outras. Temperos prontos costumam conter sal e, por isso, devem ser evitados.

Isabela recomenda que pessoas que precisam controlar o uso do sal optem pelo produto na versão light, vendida em supermercados e disponível em diversas marcas. O sal light tem teor reduzido de sódio e maior quantidade de potássio, que auxilia no controle da hipertensão.


Diabetes nós cuidamos

Leia outras matérias desta seção
 » Nova abordagem para metástese
 » Quais as diferenças entre as vacinas
 » Coronavírus: A variante Indiana
 » Cárie infantil RX não é indicado
 » Vacinas quando tomar a 2ª dose
 » Vacinas: quanto tempo dura a proteção?
 » CoronaVac para além dos anticorpos
 » Vacinar 15% da população é
 » Coronavírus só a idade não é fator determinante
 » Coronavírus: não existe mais grupos de risco
 » Vitaminas em excesso são prejudiciais
 » Coronavírus x Gripe espanhola a história se repete
 » Coronavírus: Aspirina pode ser benéfica
 » Coronavírus: Macrófago é um dos vilões
 » Coronavírus:Pode permanecer mais de 14 dias no organismo
 » Coronavírus:Pacientes resistentes podem ajudar
 » Leucemia linfoide aguda (LLA),
 » Coronavírus:Antiviral é aprovado
 » Coronavírus:catástrofe iminente
 » Coronavírus:vem aí o spray nasal


Voltar