» Colunas » Saúde

23/08/2004
Pesquisa sugere remédios mesmo para diabético com baixo colesterol

Em 2.800 pacientes do tipo 2, droga reduziu em 50% a possibilidade de derrame.

Pessoas sofrendo da mais comum forma de diabetes podem diminuir consideravelmente o risco de ataques do coração e derrame tomando uma droga para a diminuição do colesterol normais, segundo um novo estudo. O trabalho feito com mais de 2.800 pacientes com diabetes tipo 2 descobriu que quem tomou Lipitor tinha 30% menos chances de ter um ataque cardíaco, 50% menos chances de ter um derrame e quase 30% menos chance de morrer de qualquer doença cardiovacular.
"Este é um estudo fundamental, com dados sólidos, mostrando evidências claras de um benefício", disse o principal autor do estudo, Helen Colhoun, professor da Universidade College Dublin. O trabalho terminou dois anos antes, porque os resultados eram impressionantes.
Apoio: A maior parte dos especialistas concorda que as descobertas fornecem as mais convincentes evidências até o momento de que a maior parte dos diabéticos deve considerar tomar remédios, independentemente dos níveis de colesterol. Isso significa que os remédios mais populares para diminuição de colesterol, chamados de estatinas, podem ajudar muito mais pessoas. "É outro resultado extraordinário", disse Peter Libby, um cardiologista da Escola de medicina de Harvard.
Embora o trabalho, publicado no número de sábado da revista The Lancet, tenha recebido fundos do fabricante do Lipitor, a Pfizer, recebeu também o apoio do governo britânico e do equipamento britânico da Associação Americana de Diabetes. Segundo Colhoun, a empresa não interferiu no estado.

O Estado de São Paulo

Leia outras matérias desta seção
 » Carambola uma fruta neurotóxica
 » Cardíacos e Idosos muita cautela em tomar Aspirina
 » Doenças transmitidas por animais
 » Canabidiol (maconha) ajuda na dor crônica
 » Idosos alguns cuidados para se manter vivo
 » Alisar cabelo - os perigos
 » O idoso e a demência
 » Coronavac 3ª dose porque tomar
 » Covid19 - Atualização
 » Coronavac x doenças autoimunes
 » Imunização contra covid está comprometida
 » O vírus de Marburg - mais um perigoso
 » Leishmaniose tem mecanismo desvendado
 » Nova abordagem para metástese
 » Quais as diferenças entre as vacinas
 » Coronavírus: A variante Indiana
 » Cárie infantil RX não é indicado
 » Vacinas quando tomar a 2ª dose
 » Vacinas: quanto tempo dura a proteção?
 » CoronaVac para além dos anticorpos


Voltar