» Colunas » Saúde

21/07/2015
Vinho tinto reduz chance de câncer de mama

Estudo mostrou que mulheres que consumiram 250 ml de rótulos Cabernet Sauvignon por mês reduzem concentração de hormônio causador da doença

Mais uma descoberta que deve ser comemorada pelos apreciadores de vinho foi publicada pelo jornal Journal of Women´s Health, nos Estados Unidos. Segundo estudo feito pelo Centro Médico Cedars-Sinai, em Los Angeles, mulheres que consomem cerca de 250 ml de vinho tinto por mês possuem menos chances de contrair câncer de mama. A pesquisa analisou por um tempo mulheres adeptas de Cabernet de Sauvignon (tinto) e Chardonnay (branco), e concluiu que as que consumiam vinho tinto apresentavam redução na concentração do hormônio estrogênio, principal causador da doença. Paralelamente à redução do estrogênio, os pesquisadores acreditam que resveratrol presente no vinho tinto ajuda a diminuir o crescimento das células do câncer de mama.

 


Uol

Leia outras matérias desta seção
 » Câncer de sangue - nova terapia
 » Câncer retal curado
 » Sequelas de quem teve Covid-19
 » Zeaxantina protege os olhos
 » Emagrecedores proibidos pela Anvisa
 » Doença Falciforme a cura
 » Losartana:remédios são recolhidos
 » AVC ou derrame o que é ?
 » Câncer no testículo
 » Fungos podem transmitir doenças graves
 » Covid19 vírus desafia nossa imunidade
 » Covid19 e o Dímero-D
 » Assombroso não é ter câncer, mas sim não ter
 » Os chás que são venenos ou não ?
 » Vacinas com vírus desativados protegem mais
 » Aterosclerose e seus fatores de risco
 » Vacina em crianças
 » Câncer de tireoide em mulheres, superdiagnosticadas?
 » Leuclopasia oral
 » Melatonina


Voltar