» Colunas » Saúde

28/10/2015
Conheça os benefícios da pimenta

O consumo de pimenta pode estar relacionado à longevidade. Pesquisa recente, publicada pela revista britânica de medicina  British Medical  Jornal, mostra que quem consome mais pimenta vive mais, é menos acometido por câncer e por problemas cardiorrespiratórios.
 
Segundo os pesquisadores, a pimenta tem poder antioxidante e ação anti-inflamatória.
Outra propriedade já conhecida da pimenta se refere ao seu poder termogênico. Ela aumenta a temperatura corporal, acelera o metabolismo e faz com que o corpo queime mais calorias, o que ajuda na perda de peso.
 
O consumo em excesso da pimenta, porém, pode levar ou agravar doenças no sistema digestivo.
A pedido do blog, o conceituado nutricionista Clayton Camargos, da Metafísicos, falou sobre os benefícios da pimenta.
 
Segundo Clayton, as pimentas, principalmente a dedo de moça, ajudam na renovação imunológica das células.
 
“O sangue passa a ter uma viscosidade melhor e elas agem na parede das artérias, melhorando a circulação e a qualidade dos vasos sanguíneos. É um dos grandes motivos da longevidade do povo indiano, coreano e do chinês. Eles consomem pouco, mas diariamente. Na Índia, por exemplo, a mais consumida é a pimenta cúrcuma”, disse.
 
Já sobre a mostarda, Clayton afirma que “não adianta comprar aquela amarelinha clara que vemos nas prateleiras dos supermercados”.
 
“A que apresenta os benefícios é a francesa dijon (mostarda escura). Se possível, consumir dois gramas da semente por dia é melhor do que a em pasta já refinada. Ela ajuda as defesas da membrana celular, melhoram a carapaça da célula, fortalecendo contra ataques virais.”
 

Site Estadão

Leia outras matérias desta seção
 » Doenças transmitidas por animais
 » Canabidiol (maconha) ajuda na dor crônica
 » Idosos alguns cuidados para se manter vivo
 » Alisar cabelo - os perigos
 » O idoso e a demência
 » Coronavac 3ª dose porque tomar
 » Covid19 - Atualização
 » Coronavac x doenças autoimunes
 » Imunização contra covid está comprometida
 » O vírus de Marburg - mais um perigoso
 » Leishmaniose tem mecanismo desvendado
 » Nova abordagem para metástese
 » Quais as diferenças entre as vacinas
 » Coronavírus: A variante Indiana
 » Cárie infantil RX não é indicado
 » Vacinas quando tomar a 2ª dose
 » Vacinas: quanto tempo dura a proteção?
 » CoronaVac para além dos anticorpos
 » Vacinar 15% da população é
 » Coronavírus só a idade não é fator determinante


Voltar