» Colunas » Economia

15/08/2012
Ficção ou realidade?

Aconteceu no Ceará! Curso para 500 mulheres.

Como o setor têxtil é de vital importância para a economia do Ceará, a

demanda por mão de obra na indústria têxtil é imensa e precisa ser

constantemente formada e preparada.

Diante disso, o Sinditêxtil fechou um acordo com o Governo para coordenar

um curso de formação de costureiras.

O governo exigiu que o curso devesse atender a um grupo de 500 mulheres

que recebem o Bolsa Família.

De novo: só para aquelas que recebem o Bolsa Família.

O importante acordo foi fechado dentro das seguintes atribuições:o govêrno

entrou com o recurso; o SENAI com a formação das costureiras, através de

um curso de 120 horas/aula; e o Sinditêxtil, com o compromisso de enviar

o cadastro das formadas às inúmeras indústrias do setor, que dariam

emprego às novas costureiras.

Pela carência de mão obra, a idéia não poderia ser melhor.

Pois bem.

O curso foi concluído recentemente e, com isso, os cadastros

das costureiras formadas foram enviados para as empresas, que se

prontificaram em fazer as contratações.

E foi nessa hora que a porca torceu o rabo, gente.

Anotem aí: o número de contratações foi ZERO. Entenderam bem? ZERO!

Enquanto ouvia o relato, até imaginei que o número poderia ser baixo, mas

o fato é que não houve uma contratação sequer. ZERO.

Sem nenhum exagero. O motivo?

Simples, embora triste e muito lamentável, como afirma com dó, o diretor

do Sinditêxtil: todas as costureiras, por estarem incluídas no Bolsa

Família,se negaram a trabalhar com carteira assinada.

Para todas as 500 costureiras que fizeram o curso, o Bolsa Família é um

benefício que não pode ser perdido.

 


NET

Leia outras matérias desta seção
 » Selic a 2% o Banco Central errou feio.....
 » Debate no Instituto de economia da Unicamp
 » TCE: Iprem Caieiras, má administração,irregularidades e prejuízo
 » Tributar Livros e Jornais
 » Planos de Saúde estão proibidos de reajustar
 » Nova gasolina:perguntas e respostas
 » Reforma Tributária
 » Declaração I.Renda do MEI
 » Organizações Sociais o peso da corrupção
 » Licitação: erros primários ou propositais?
 » Coronavírus vai custar caro para Caieiras
 » Pequenas empresas: sobrevivência a pandemia
 » Guedes inventa um pássaro sem asas
 » Redução de jornada e salário e suspensão de contratos
 » Crédito para micro e pequenas empresas
 » Redução do salário e jornada de trabalho-STF
 » Coronavírus vai deixar uma herança amarga
 » Na crise use a criatividade
 » Coronavírus:respiradores, a improvisação nacional
 » Coronavírus: Dia da mentira ou dos políticos, como queiram



Voltar