» Colunas » Editorial

12/06/2009
Sem rabo preso e muito menos pregado.

Recebemos um email impublicável dando conta da vinculação estreita entre os órgãos de imprensa do Município com o poder público, menciona o email que todos tem o rabo preso pois recebem milhares de reais por conta de suas publicações sempre a favor dos interessados, quando sabemos que existe muita coisa errada por trás, impera a imprensa marrom.

A carapuça não serve aqui, nem o chapéu atolado até o pescoço, que deve ser no seu, remetente. Por quase três décadas o Jornal A Semana vem mantendo sua imparcialidade, não recebe  qualquer  valor de órgão público. O exercício à cidadania, a dignidade e a independência ao exercer a atividade de imprensa livre, são cultuados.

Entretando, não tem razão o missivista quando questiona e  cita nossa coluna de Cidadania, pré julgando que recebemos alguma retribuição financeira  para publicação de licitações e outros assundos de interêsse público. Nada recebemos.

Diz ainda que entrou com pedido de certidão na Prefeitura e não foi atendido, nosso conselho é não desistir e procurar a Justiça, o descumprimento de norma constitucional e leis pode gerar grave punição ao responsável. Quanto ao advogado que deu o parecer contrário, denuncie na OAB por práticas anti-democraticas, a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) tem punido severamente esse tipo de profissional. Existe ainda o Minist. Público para ser procurado, procurado. Ainda,   os vereadores tem obrigação de aceitar denúncias como a sua, fiscalizar o executivo é sua função primordial, apurar irregularidades como as citadas na àrea da saúde não requer muito esforço intelectual.

Finalizando, deixamos de publicar o extenso  email porque as provas não foram anexadas, se o forem certamente aparecerão na primeira página, doa a quem doer.








Edson Navarro

Leia outras matérias desta seção
 » A atual guerra Paulista
 » A vez do Witzel
 » O vídeo Bolsonaro x Moro
 » Caieiras deve receber R$ 11 milhões de ajuda federal
 » Feriado da consciência pandêmica - Folclore Nacional
 » Coronavírus-Osmar Terra: "não é bem assim"
 » Coronavírus: e agora manézada?.
 » Prefeito pretende gastar R$ 3,9 milhões em festas
 » Estado de Calamidade impõe normas na esfera jurídica
 » Prefeitura gasta R$ 10 milhões em festas
 » Concessão de transporte público
 » Reciclagem: a burrice nacional
 » Justiça Trabalhista em Caieiras multa mentirosos
 » O pátio do Detran de Caieiras
 » Manual da corrupção
 » Orçamento Público anual é preciso aprender e acompanhar
 » Terceirizar a saúde vale a pena?
 » Operação Castelo de Areia a Fênix
 » Direito ou abuso adquirido ?- Políticos
 » Errar é humano mas persistir no erro é .....



Voltar