» Colunas » Editorial

30/08/2012
Sem socorro no pronto socorro II

E lá se foi o Ceclair José Matiazzo  com 68 anos, as circunstâncias foram as de praxe, morreu no pronto socorro local sem atendimento adequado, pelo menos é o que diz a irmã dele, a advogada e ex-vereadora Vanda Matiazzo.  Ceclair não teve atendimento médico," nem água  deram para ele", revoltada  após a morte do irmão, disse que procuraria o Prefeito Hamamoto para pedir explicações. Vanda assistiu a agonia do irmão por toda uma noite e não se conformava com o acontecido. quanto a respostas desejadas, vai ouvir muito blá,blá, blá e tudo vai continuar como antes, no quartel do Abrantes, já dizia minha Avó. Caieiras nada mais é que reflexo do SUS nacional, aquele mesmo que nas campanhas eleitorais, os candidatos prometem fazer funcionar, e tem gente que acredita. Em outubro vá lá e coloque seu voto no penico, ops. digo urna.


Edson Navarro

Leia outras matérias desta seção
 » A atual guerra Paulista
 » A vez do Witzel
 » O vídeo Bolsonaro x Moro
 » Caieiras deve receber R$ 11 milhões de ajuda federal
 » Feriado da consciência pandêmica - Folclore Nacional
 » Coronavírus-Osmar Terra: "não é bem assim"
 » Coronavírus: e agora manézada?.
 » Prefeito pretende gastar R$ 3,9 milhões em festas
 » Estado de Calamidade impõe normas na esfera jurídica
 » Prefeitura gasta R$ 10 milhões em festas
 » Concessão de transporte público
 » Reciclagem: a burrice nacional
 » Justiça Trabalhista em Caieiras multa mentirosos
 » O pátio do Detran de Caieiras
 » Manual da corrupção
 » Orçamento Público anual é preciso aprender e acompanhar
 » Terceirizar a saúde vale a pena?
 » Operação Castelo de Areia a Fênix
 » Direito ou abuso adquirido ?- Políticos
 » Errar é humano mas persistir no erro é .....



Voltar