» Colunas » Editorial

Morre aos 83 anos Carlos Bayerlein

Mesmo aposentado a vinte e oito anos Carlos Bayerlein será sempre lembrado como o eterno chefe do serviço social da Cia Melhoramentos, nascido em Jundiaí veio para Caieiras e trabalhou durante vinte e quatro anos na Cia, passou por vários departamentos da empresa, de escriturário a chefe do serviço social, durante esse tempo conquistou a amizade e o respeito de todos, funcionários e patrões.Carlos Bayerlein foi casado com a Professora Marina Vieira Bayerlein, educadora sempre lembrada com carinho e respeito por aqueles que tiveram a felicidade de serem seus alunos.Grande estudioso do espiritismo o Sr. Carlos foi uma autoridade inconteste nesse delicado campo da religião, afável, invariavelmente com um sorriso amigo, Caieiras perde um filho ilustre que agora entra com justiça para a nossa história.

Jornal A Semana

Leia outras matérias desta seção
 » O prefeito de Caieiras e seu secretariado "alienígena"
 » Previsões para 2021 de Nostradamus
 » Ecos de um governo desastrado
 » Os presentes indesejáveis do TCE
 » Identificadas as forças ocultas que derrotaram Gersinho
 » Limpe tudo e entre na Casa limpa, Lagoinha.
 » O lixo que nunca acaba
 » A velha política: dividir para ganhar
 » Liberdade de Imprensa: se acabar as outras não sobreviverão!
 » Caieiras:TCE aponta 33% de sobre preço em cestas básicas
 » Caieiras: Se sair mais do que entra "nóis quebra"
 » A consciência dos políticos brasileiros em reais
 » O presente das trevas do Dória
 » TCE: Mais um prêmio para o ex-prefeito Hamamoto
 » TCE: Chumbo grosso no prefeito de caieiras
 » Liberdade de Imprensa-Daniel Nakao Maibashi
 » Me engana que eu gosto
 » Caieiras e o novo marco do saneamento básico
 » Quem brinca com fogo acaba se queimando
 » Coronavirus: o after day das contas



Voltar