» Colunas » Editorial

12/12/2017
Prefeitura compra "insulina de rico"

A Insulina Glargina comprada pela prefeitura  é a mais cara existente no mercado, mais ainda quando comprada de revendedores. Hoje existe a disposição a insulina basaglar que é biossimilar, com uma notável diferença para o bolso do contribuinte: custa 70% menos (Por determinação da CEMED, Basaglar deve apresentar seu PMC 70% menor ao PMC de Lantus . Basaglar chega às farmácias brasileiras com um valor próximo a R$ 40,00 por um refil de 3ml).

A Glargina foi lançada como uma revolução nas insulinas, não foi bem isso que aconteceu por conta do preço altíssimo e resultados não muito diferente das insulinas comuns tipo NPH (longa duração).Como sua base é cristalizada a diluição é mais lenta e em tese não deve causar hipoglicemia, mas, não revolucionou nada. Esse tipo de insulina também ficou conhecida como a "insulina dos ricos."

Veja os preços médios cotados no mercado:

Insulina Lantus 1 Refil com 3 ml - ....................................... .R$ 85,16

basaglar 1 refil com 3ml.........................................................R$ 39,60

NPH 1 refil com 3ml.......................................................       ..R$ 14,00

Diante das considerações acima expostas pergunta-se: porque a Prefeitura gasta milhares de reais do contribuinte se existe substituto com a mesma eficiência ?. A incompetência sempre acaba sobrando para o bolso do Munícipe, e já que o prefeito está terceirizando parte da saúde, que tal o resto ir pelo mesmo caminho ?. Entretanto tem um consolo, os diabéticos pobres da Cidade estão tomando insulina de rico.


Veja abaixo a compra:

CONTRATADO: INTERLAB FARMACÊUTICA LTDA OBJETO: Aquisição de insulina lispro refil c/3ml VALOR: R$ 32.290,50 MODALIDADE: Pregão Presencial no 129/2017 – PM no 9866/2017 CONTRATO no 314/2017 DATA: 10/11/2017 CONTRATADO: PORTAL LTDA OBJETO: Aquisição de insulina aspart 100UI/ml Refil c/3ml VALOR: R$ 20.928,60 MODALIDADE: Pregão Presencial no 129/2017 – PM no 9866/2017 CONTRATO no 315/2017 DATA: 10/11/2017 CONTRATADO: DUPATRI HOSPITALAR COM. IMP. E EXP. LTDA OBJETO: Aquisição de insulina glargina refil c/3ml VALOR: R$ 317.658,00 MODALIDADE: Pregão Presencial no 129/2017 – PM no 9866/2017


Edson Navarro- economista

Leia outras matérias desta seção
 » Caieiras:Multas de trânsito,para onde está indo o dinheiro
 » De filantrópica para Estatal será que muda?
 » Mais de 20 anos depois o Gaema descobre o maior lixão do Brasil
 » TCE adverte Lagoinha, começou cedo!
 » Saúde desnorteada, perigosa e desrespeitosa
 » Lixão: Povo pretende protestar
 » A Lei que choveu no molhado
 » Lei bola de cristal...os políticos videntes
 » Caieiras: A vacina é escassa
 » O prefeito de Caieiras e seu secretariado "alienígena"
 » Previsões para 2021 de Nostradamus
 » Ecos de um governo desastrado
 » Os presentes indesejáveis do TCE
 » Identificadas as forças ocultas que derrotaram Gersinho
 » Limpe tudo e entre na Casa limpa, Lagoinha.
 » O lixo que nunca acaba
 » A velha política: dividir para ganhar
 » Liberdade de Imprensa: se acabar as outras não sobreviverão!
 » Caieiras:TCE aponta 33% de sobre preço em cestas básicas
 » Caieiras: Se sair mais do que entra "nóis quebra"



Voltar