» Colunas » Editorial

03/06/2019
Ampliação do lixão, vale a pena lutar contra ?

No dia 6 de Junho as 19, 00 horas na Escola Carlos Bayerlein- J.Marcelino  a Essencis fará realizar a audiência pública para ampliação da capacidade do lixão, como não é possível expandir horizontalmente, pretendem ampliar a montanha. (Apresentação do EIV- Estudo de Impacto na Vizinhança).

Do projeto original restou muito pouco tanto que hoje o antigo  CTR"centro de tratamento de resíduos" é chamado simplesmente de "Aterro Sanitário" onde continuam a ser armazenados todos os tipos de lixo, inclusive tóxicos como lama de mercúrio.(Documentos da Cetesb à disposição dos interessados). 

A emissão de gases tem levado velhos e crianças ao Pronto Socorro, também não existe plano de evacuação de emergência em caso de acidente com algum resíduo tóxico, pelo menos para os bairros mais próximos como J.Marcelino, J.dos Pinheiros, V.Tereza e Serpa.

Milhões de toneladas de resíduos classe I,II , III e Especial tem sido jogados  e aterrados no lixão sem qualquer tratamento ou reciclagem. Hoje o mau cheiro dos gases atinge toda a Cidade e mais uma parte de Franco da Rocha, causa vômitos, ardor nos olhos e problemas respiratórios em crianças e idosos. 

Fica sempre no ar a pergunta: porque nossas autoridades nada fazem e permitem que um descomunal passivo ecológico vá servir de "herança" para nossos descendentes?. Porque o projeto original o eia-rima que previa tratamento e principalmente reciclagem não foi cumprido ?. Também as determinações do Consema foram esquecidas. Sem reciclagem enterra-se milhões de Reais, uma verdadeira imbecibilidade. 

Os autores do "projeto lixão" Sr. Nevio Dartora e Vereadores da época foram varridos da política caieirense, mas será que o manso povo caieirense vai agir da mesma forma com os atuais políticos omissos varrendo-os também ?. As eleições do ano que vem prometem.

E quanto ao Comcid o que se pode esperar ? muito pouco, ao primeiro grito se encolhem como aconteceu com a apresentação do EIV da Cooperativa Conex, onde só não sofreram agressões físicas porque a Guarda Municipal estava presente, mas verbais e ofensas sobraram no mais completo desrespeito aos Conselheiros como se fossem eles os responsáveis pela obra não começar. 

Grupos de moradores dos bairros estão se organizando para participar da audiência,  prometem uma grande manifestação contra o lixão e os políticos, dizem que desta vez não será como na audiência de anos atrás quando não foi aprovado e nada aconteceu. É ver para crer.

Leia toda a história do lixão que não era para ser mas acabou sendo.

http://www.caieiraspress.com.br/historia.php?acao=verMateria&id=1103

http://www.caieiraspress.com.br/busca.php      Procure no link as matérias sobre o lixão, são centenas. Coloque lixao (não use acento ) e liste tudo.


Edson Navarro - Economista

Leia outras matérias desta seção
 » Terceirizar a saúde vale a pena?
 » Operação Castelo de Areia a Fênix
 » Direito ou abuso adquirido ?
 » Errar é humano mas persistir no erro é .....
 » É você Satanás ?
 » T.Contas aponta finanças deteriorando
 » Como entrar no anedotário nacional
 » A burrocracia na saúde mata crianças
 » T.Contas SP algoz? implacável? . Nada disso.
 » Tribunal de Contas o implacável
 » Autoridades: os abusos vão acabar?
 » Imbróglio medicamentoso
 » Marcio Menegatti uma história real
 » Europa genocida
 » Tribunal de Contas x Prefeitura
 » Tribunal de Contas age e breca licitação
 » Homenagem a Lei Anticorrupção
 » O mundo mudou, os políticos não!
 » 9 de Julho: a vitória política
 » PROERD da Polícia Militar



Voltar