11/12/2020
Sanidade prejudicada pela tecnologia

Desde quando tem vindo uma enxurrada de filmes de ficção para este país? Será que pessoas em sã consciência perdem seus tempos em se entreterem com tais filmes que têm todos os seus enredos e suas cenas completamente dissociadas da realidade? Pra que servem essas criações malucas que poluem as mentes dos jovens? Por que será que os jovens gostam de assistir a filmes que expõem fatos impossíveis de existirem e todos eles enaltecendo a violência? Por causa da liberdade de expressão (essa faca de dois gumes) muitos governos “fazem vista grossa” para não combaterem tais aberrações cinematográficas provenientes do exterior. Parece mesmo que muitos desses filmes são produzidos por débeis mentais.

E por “falar” em ficção, existe um planeta que é habitado por umas criaturas tão arrogantes que, sem desconfiarem, elas são vítimas do fanatismo pelo que lhes seja desimportante na vida. E nesse planeta existe de tudo para que todos se sintam felizes com a tecnologia que promove a aproximação ilusória entre as pessoas pelas chamadas redes sociais. Mas, nesse planeta, a Nova Ordem Mundial com a sua Teoria da Conspiração resolveu acabar com o Facebook e com o Whatzapp que eram as principais alegrias do povo. Nomes estes, estrangeiros e poluidores do idioma pátrio.

E o povo do planeta se viu “num mato sem cachorro”. Viu-se retirado de sua felicidade de entretenimento, a qual não poderia viver sem ela. Consequentemente, muitos do povo foram adoecidos pela depressão e muitos se suicidaram. Os que não se suicidaram enlouqueceram. Foi assim que uma profunda tristeza, como se fosse uma pandemia desceu sobre o planeta que tinha seus habitantes felizes com seus intercâmbios diários de tanta comunicação cultural. Mas, felizmente o tal planeta nunca existiu. Ele apenas serviu para ser uma ficção e para se distrair da mortuária atenção sobre a pandemia desta época de políticos que foram desmascarados de suas más intenções pelo povo mascarado de agora (risos). Também, que lástima, muitos sem consenso relincham suas opiniões sobre a pandemia e suas vacinas. E nessa profusão de opiniões pela mídia só criam confusão.

Altino Olimpio



Leia outras matérias desta seção
 » Quando estamos sendo nós mesmos?
 » Todos saem do povo mas depois...
 » Ninguém se livra do passado
 » Faleceu José Olimpio (Zinho)
 » Esquecemos de ser felizes
 » Ainda ouvimos os sinos dentro de nós
 » Regressão ao paraíso perdido
 » A vida é enfadonha
 » Humanidade muito evoluída
 » Todos dormem acordados
 » O homem sem saída de suas limitações
 » O Google te conta tudo
 » Tentando compreender o incompreensível
 » Mistério insolúvel
 » Os dias tem seus donos
 » A bagunça criada pela mídia e pela internet
 » Sacanagem esportiva
 » A guerra invisível
 » Sanidade prejudicada pela tecnologia
 » Desfez-se da sogra e ninguém se preocupou

Voltar