28/12/2020
Aparências

Preciso falar, mesmo que seja para não ser ouvida. As vezes, quando a pressão está demais, penso que se eu não fizer alguma coisa, se não tiver alguém para me ouvir, eu vou simplesmente sucumbir. 

Cansada de aparências, de ser uma vitrine de produto falso. Cansada de viver de mentira. Nada disso é verdade. Não se cola um cristal. Não tem conserto.Quando você vive despedaçada por dentro, e não querendo levar desalento para os seus?.Como vc da forças se  tem que buscar no etéreo, no vácuo, no nada?.

Vivo catando meus cacos, mas aos poucos eles vão se perdendo e vai ficando um espaço cada vez mais vazio. Tenho que ser a força, indicar o caminho, o aconchego, a palavra o ombro, mas quem é o meu?.O pilar está desgastado ...não consegue segurar mais a estrutura que está sobre ele. De repente num grito de desespero ouso pedir. Me ajuda. Olho em volta e não vejo ninguém. Pedi a Deus.

Selma Esteticista



Leia outras matérias desta seção
 » A vó maluca e o covid....
 » De repente
 » Uma mulher aos 44 anos
 » Meus queridos, meus velhos, meus amigos!
 » Cala a boca Magda
 » Fui me despedir
 » O fim de uma história
 » Quando o universo não conspirar desista!
 » Namorado azarado!
 » Descompasso
 » Aparências
 » A Viagem (com a sogra) - Última parte
 » Nossa praia e o novo normal
 » A Viagem (com a sogra) - Terceira parte
 » A Viagem (com a sogra) - Segunda parte
 » A Viagem (com a sogra) Primeira parte
 » Bravas Mulheres ou Mulheres bravias?
 » Sonho e realidade
 » Os Invisíveis
 » Bordado nas estrelas...

Voltar