14/01/2021
Mistério insolúvel

O maior mistério da vida continua sendo incógnito. Até hoje, nem a ciência, nem a filosofia e nem a religião conseguiram decifrar os segredos ou mistério de como a vida surgiu neste planeta. Diariamente por todo o mundo sempre têm muitos difundindo suas verdades de como a vida teve um inicio e um criador transcendente e consciente de como queria que ela viesse a ser. Mas, até onde o raciocínio humano pode chegar e tendo mais coerência para ser compreendido, isso está no que a consciência humana possa abarcar como fatos inquestionáveis. Por exemplo: A energia essencial de vida, ela é a Onipresença em todos os recantos do mundo, provocando a existência de uma infinidade, diversidade e multiplicidade de tudo o que tem vida, sejam os animais, as aves, os peixes, os insetos, as plantas e etc. e tudo que ao nascer e crescer se desenvolve até ao fim do “prazo” que tudo tem para deixar de existir.

O que até aqui foi escrito faz parte do “panteísmo” que, resumindo, é a idéia ou crença de que Deus está em todos os seres vivos, na natureza e em tudo o que existe e além, no universo. Nesse caso Deus estaria significando a Energia Essencial que a tudo abrange e não um Deus antropomórfico (semelhante ao homem). Quanto a essa energia que a tudo abrange é fácil de aceitá-la como existente na criação da vida neste planeta porque a manifestação dela nos é evidente. Porém, impossível seria desvendar o mistério de donde provém a composição ou formação dessa energia.

Tal energia se diversifica nas formas de vida em que se manifesta. Não há nela qualquer seletividade ou preferência por aquilo que resulta numa criação viva. Que existe uma energia universal que cria tudo o que existe é só até onde o homem consegue saber, pois, as criações provenientes de tal energia lhes são presentes, aparentes. Querer saber de onde emana essa energia, porque e como ela veio à existência, isso faz parte das hipóteses da metafísica ou da transcendência que, nada realça como real de fato.

A chamada Energia Essencial de vida sendo autônoma ela é ubíqua, isto é, está em todos os lugares. Em nenhum lugar ela se concentra para adquirir uma consciência superior à dos homens e que fique a par de tudo de bem ou de mal que venha a ocorrer com eles. Além dessa energia que a tudo vivifica ainda não há nada que se identifique como sendo superior a ela ou por detrás dela. Conjeturas existem, mas, elas ainda fazem parte da imaginação humana pela tentativa de desvendar o mistério da existência que ainda é instransponível para a elucidação humana. O homem com a sua consciência terrena, por mais evoluída que seja não tem preparo para se aprofundar além das teorias e das suposições que abriga em sua mente.

Altino Olimpio



Leia outras matérias desta seção
 » Quando estamos sendo nós mesmos?
 » Todos saem do povo mas depois...
 » Ninguém se livra do passado
 » Faleceu José Olimpio (Zinho)
 » Esquecemos de ser felizes
 » Ainda ouvimos os sinos dentro de nós
 » Regressão ao paraíso perdido
 » A vida é enfadonha
 » Humanidade muito evoluída
 » Todos dormem acordados
 » O homem sem saída de suas limitações
 » O Google te conta tudo
 » Tentando compreender o incompreensível
 » Mistério insolúvel
 » Os dias tem seus donos
 » A bagunça criada pela mídia e pela internet
 » Sacanagem esportiva
 » A guerra invisível
 » Sanidade prejudicada pela tecnologia
 » Desfez-se da sogra e ninguém se preocupou

Voltar