31/05/2022
Ingenuidade generalizada nacionalmente

Antigamente muito se falava da ingenuidade das crianças como se fosse uma pureza apreciável nelas e delas. A ingenuidade das crianças só podia mesmo ser permissível. Mas, para adultos não deveria ser permissível como ela é nesta época de tantos valores humanos distorcidos. Que pasmem os que ainda conseguem se pasmar, pois, a ingenuidade entre adultos vem se alastrando desde há muito tempo. Até parece que estamos vivendo numa época de pandemia da ingenuidade (risos).

Como se sabe, o povo deste país deve ser o mais bem informado do mundo, pois, assiste aos noticiários da televisão, também a tudo que é divulgado pela internet, a tudo que é compartilhado pelas redes sociais e etc. Às vezes parece que quanto mais informadas (ou mal informadas) ficam as pessoas mais elas ficam ingênuas. Tendo tanto poder, o poder que emana do povo (isso pode ser discutível?), como tanto isso é repetido, tendo tamanho poder, todas as pessoas comparecem para votar em épocas de eleições para elegerem seus representantes políticos sendo este o poder do povo.

Muitos do povo adulto na suas ingenuidades podem acreditar que seus eleitos possam mesmo representa-lo bem na política deste país, visto que, ele (o povo) é impedido de se representar diretamente. Mas, sendo assim como está sendo, o poder, então, passa a se emanar dos representantes do povo e não mais do povo. Que paradoxo, não? Para pensar, se os eleitos para representar o povo na política tivessem salários parecidos com os salários da maioria dos verdadeiros trabalhadores deste pais, será que eles gostariam de serem eleitos para essa tão nobre missão? Acredito que não, pois, quem gostaria de ser um bom e perfeito patriota pobre com pouco dinheiro para viver, ou melhor, para gastar (risos)? Oremos irmãos (risos).

Altino Olimpio



Leia outras matérias desta seção
 » O finito no infinito
 » Vida eterna
 » O Alcebides da Ilha das Cobras
 » Ingenuidade generalizada nacionalmente
 » Vivemos incomodados pelos anormais
 » Perdidos no espaço
 » Quando o futuro nos aparece?
 » Pensamentos perturbadores
 » Coisas da vida
 » Saudades da solidão
 » Afinal quem somos de verdade ?
 » Quem são mesmo os racionais e os irracionais?
 » Os Mitos e a Eternidade
 » Tudo Passa e tudo passará
 » A “Maria vai com as outras” se generalizou
 » O bonde de São Januário
 » A curiosidade e os curiosos
 » Mentiras confortantes
 » Chutando lata pela rua
 » O dia de Natal para os porcos

Voltar