07/02/2024
Conversa entre amigos do antigo Orkut

Conversa entre amigos do antigo Orkut

Amiga, por falar do tempo, ele é um cara-de-pau. Quando vamos aproveitar do nosso conhecimento, já livre das mentiras, livre das vaidades, das ilusões, das superstições e tudo o mais relativo, começamos a nos defrontar com algumas insuficiências. A visão já não é mais a mesma, o ouvido também não, a memória começa a falhar, o que era interessante também deixa de ser. Alguns místicos (aqueles que têm tendências a crer no sobrenatural com interferências em suas vidas) ficando esclerosados com as suas idades avançadas, para que lhes serviram os seus conhecimentos? 

A vida é mesmo um paradoxo! Contudo, não me considero infeliz e me recuso a ser (risos) acreditando que você também pensa assim. O certo é envelhecer com as fases características de cada idade e aceitar as contingências da vida, principalmente aquelas que não são do nosso domínio. A busca sincera por um desenvolvimento espiritual pode provocar a solidão do viver por si mesmo e o distanciamento dos outros que não têm esse mesmo objetivo na vida.

 Lembra-se da simbologia da pirâmide? A base dela é constituída pela maioria das pessoas simples deste mundo. Entretanto, quanto mais você se eleva nela, simbolicamente falando, mais pode sentir-se só. Outros até que tentaram se elevar na pirâmide, mas, o poder da base dela, com o seu materialismo provocou-lhes a queda. Muitos obstáculos existem na subida da pirâmide porque a subida dela não é para qualquer um. Mas, aquelas pessoas da base da pirâmide, elas são muito importantes. Elas é que movimentam o mundo.

Se a todos fosse dado a facilidade de espiritualmente evoluir quem sobraria para participar de tudo o que é produzido e necessário para a manutenção da humanidade? Então, o mundo mais está na proficiência das pessoas comuns que não aspiram por qualquer evolução do que na proficiência daqueles que vivem com suas cabeças nas nuvens (risos).

É amigo, eu acho o tempo maravilho, justamente pelo que você diz: as nossas vaidades vão se desfazendo e nossas ilusões se diluindo. É quando começamos a nos desprender das coisas desnecessárias para sermos plenos. Como é inevitável, vamos então envelhecer com grandiosidade, questionando a nossa existência, os nossos caminhos percorridos e a percorrer. Já é uma boa intenção, você não acha? 
Um abração e como você sempre diz: Até mais ver.

Altino Olimpio



Leia outras matérias desta seção
 » Quando a vida é bela ou cor de rosa?
 » Reflexões 
 » Só sei o pouco que sei e mais nada
 » Conversa entre amigos do antigo Orkut
 » O “me engana que eu gosto” é sempre atual
 » A mulher do ai, ai, ai
 » Quando nós seremos nós mesmos?
 » Viver muito cansa?
 » A aventura de viver
 » Esquecidos, o céu, o sol e a lua 
 » Uma lembrança que a memória não esqueceu
 » Tempos felizes de molecagens
 » A importância da vida
 » O destino
 » Quem somos nós diante de tantas influências
 » Dois textos
 » A vida como ela é...
 » Mensagens telepáticas
 » A minha iluminação
 » Rapidinhas do Altino

Voltar