01/07/2024
Mundo teatro das ilusões e das superstições

Mundo teatro das ilusões e das superstições

É inimaginável quantas “coisas” existem no mundo para o desenvolvimento mental e espiritual do ser humano. Filosofia, religião, seitas, sociedades esotéricas, místicas, livros e etc. para aprisionar a mente das pessoas em ideias que são apenas ideias para o depois da vida. Mas, ninguém sabe se é mesmo verdade que o fim é um começo para um estado invisível de existir onde não há código de endereçamento postal (CEP). É comum as pessoas ouvirem de outras que são “autoridades” tudo o que seja “impossível” para suas capacidades mentais constatarem. Esse “chover no molhado” angariou e ainda angaria muita gente para, do estado natural em que vivem serem induzidas a preencher a cabeça com o que é sobrenatural. 

Desconsiderando o oitavo mandamento da Bíblia (não mentir) se sabe que religiosos jogaram ao rio a imagem de Jesus. No rio onde a encontraram se formou a cidadezinha Pirapora do Estado de São Paulo daqui do Brasil. Mas, a superstição fez com que aquela enganação fizesse parte de um milagre e por isso fundaram uma igreja onde a imagem foi encontrada boiando no rio. Milhões de pessoas tendo suas devoções compareceram àquele lugar santificado para prestigiar o santo e o comércio daquele lugar, agora menos frequentado onde o rio exala seu odor desagradável.

 Com tudo o que existe para se teatralizar na consciência humana, no fim da vida de cada um, vemos uma decadência física e mental trazidas pela velhice. Toda aquela evolução mental adquirida na vida, filosofia, religiosidade, espiritualidade, “superioridade” e etc. desaparecem com a morte do corpo onde estiveram hospedadas por longo tempo (risos). Neste mundo sem fronteiras para se despejar “ideias” do além para outros, raros são aqueles que por si mesmos têm as suas próprias. E assim caminha a humanidade sempre com as induções que lhes são impostas, no mais das vezes, sem refletir se elas possam ser possíveis para serem reais.

Altino Olímpio



Leia outras matérias desta seção
 » Nascer é o substituir do que está a morrer
 » Antigamente se dizia que a vida já era uma escola
 » Deus, o sol, o mundo e a Natureza
 » Mundo teatro das ilusões e das superstições
 » O tempo está em tudo
 » Somos ou não somos importantes?
 » É verdade que quem morre descansa?
 » O sistema sempre cai
 » Pensar nos pensamentos
 » Ele está voltando
 » Qual é o sentido da vida se é que existe algum?
 » A alma humana em destaque
 » Melhor não seria nós só crermos...
 » Mundo desprotegido
 » Nesta época quantos iluminados existem no mundo?
 » Opiniões ou conclusões impopulares
 » Turismo na UPA de Perus
 » A solução
 » No mundo existem crédulos e incrédulos
 » Joana d’Arc (1412 – 1431)

Voltar