» Colunas » Editorial

08/10/2013
Tribunal de Contas: mais duas licitações irregulares

O Tribunal de Contas publicou mais duas sentenças de licitações irregulares, uma da aquisição de cestas básicas e outra da terceirização do serviço de limpeza de UBS. Originárias da administração Névio Dartora foram declaradas nulas pelo Tribunal, o ex-prefeito foi multado em 300 ufesp. R$ 5811,00 - o total das compras ultrapassa R$ 2 milhões.

Para o atual prefeito sobrou a providência de mandar instalar sindicância, para apurar a responsabilidade dos funcionários envolvidos. A sentença é representada  à promotoria pública de contas, que por sua vez representará ao judiciário, se entender que houve crime contra o erário. O grande filósofo caieirense  Maquináia em sua obra as maquinaiadas, se fosse vivo e utilizando sua famosa bola de cristal, faria a seguinte previsão: a sindicância será instalada e o presidente será o de sempre, o prazo será cumprido e a conclusão a de praxe:"não houve nenhuma irregularidade".

Quanto a promotoria pública de contas, há quem duvide da sua existência. Resta ao munícipe inconformado recorrer  à justiça via ação popular, se estiver vivo quando for concluída (costumam demorar até 1/4 de século) ainda precisará da execução, caso a sentença seja favorável. No final, nem o autor se lembrará do que se tratava e os envolvidos mais notáveis já terão virado nome de rua.


Edson Navarro

Leia outras matérias desta seção
 » Terceirizar a saúde vale a pena?
 » Operação Castelo de Areia a Fênix
 » Direito ou abuso adquirido ?
 » Errar é humano mas persistir no erro é .....
 » É você Satanás ?
 » T.Contas aponta finanças deteriorando
 » Como entrar no anedotário nacional
 » A burrocracia na saúde mata crianças
 » T.Contas SP algoz? implacável? . Nada disso.
 » Tribunal de Contas o implacável
 » Autoridades: os abusos vão acabar?
 » Imbróglio medicamentoso
 » Marcio Menegatti uma história real
 » Europa genocida
 » Tribunal de Contas x Prefeitura
 » Tribunal de Contas age e breca licitação
 » Homenagem a Lei Anticorrupção
 » O mundo mudou, os políticos não!
 » 9 de Julho: a vitória política
 » PROERD da Polícia Militar



Voltar