» Colunas » Editorial

Plebiscito em Caieiras

A falta de novas lideranças políticas e candidatos antigos sem expressão, transformou a eleição para prefeito em plebiscito para o atual Prefeito Névio Dártora, onde o que estará em jogo não será uma disputa democrática e sadia, mas sim a opinião de quem aprova ou não sua administração, a outra candidatura, da Dóca, não tem respaldo político suficiente para enfrentar Névio, apenas está dando oportunidade a ele de ter com quem concorrer, passando a impressão de eleição normal, o que jamais será.O resultado dessa eleição-plebiscito pode ser inesperado, uma incógnita são os nada desprezíveis votos do ex-prefeito Fiore que desistiu de concorrer sem maiores explicações a seus fiéis eleitores, que são como eleitores malufistas,ou seja, votam no Maluf sempre.Para onde irão esses eleitores é a pergunta que só o resultado da eleição vai responder, existe quem aposte em tal número de votos nulos e brancos como nunca houve em Caieiras, seriam os eleitores do Fiore, os descontentes com o atual Prefeito e os que habitualmente já não votam mais em ninguém, por absoluta descrença nos políticos.Muito além de transformar-se numa campanha apática o atual Prefeito vai ter que suar muito pois seu maior inimigo não é a candidata Dóca, serão os votos brancos e nulos que somados aos que a adversária terá, vão mostrar a verdade do seu auto proclamado prestígio político.

Jornal A Semana

Leia outras matérias desta seção
 » Terceirizar a saúde vale a pena?
 » Operação Castelo de Areia a Fênix
 » Direito ou abuso adquirido ?
 » Errar é humano mas persistir no erro é .....
 » É você Satanás ?
 » T.Contas aponta finanças deteriorando
 » Como entrar no anedotário nacional
 » A burrocracia na saúde mata crianças
 » T.Contas SP algoz? implacável? . Nada disso.
 » Tribunal de Contas o implacável
 » Autoridades: os abusos vão acabar?
 » Imbróglio medicamentoso
 » Marcio Menegatti uma história real
 » Europa genocida
 » Tribunal de Contas x Prefeitura
 » Tribunal de Contas age e breca licitação
 » Homenagem a Lei Anticorrupção
 » O mundo mudou, os políticos não!
 » 9 de Julho: a vitória política
 » PROERD da Polícia Militar



Voltar