» Colunas » Editorial

16/08/2006
Ligações Perigosas

1 - O Primeiro Comando da Capital “nasceu” em 1985 no anexo da Casa de Custódia e Tratamento de Taubaté, onde os SEQUESTRADORES de Washington Olivetto também estiveram lá e conviveram com os líderes do PCC. Um dos principais financiadores dessa facção criminosa é CLAUDAIR LOPES DE FARIAS, preso desde 2003, o CL, sócio de Fernandinho Beira-Mar, que mantém ligações com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC). Marcos William Herbas Camacho, o MARCOLA, é considerado o líder do PCC. Além de promover a indústria do crime, mediante arrecadações milionárias, os líderes do PCC reivindicam alterações no sistema prisional com fim de melhorar as condições humanas nos cárceres.

 

2 – Preso desde 2002, Maurício Hernandez Norambuena, o COMANDANTE RAMIRO, líder dos SEQUESTRADORES de Washington Olivetto, e dirigente da Frente Patriótica Manoel Rodrigues (FPMR), foi protegido pelo PT e membros da COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS de São Paulo na tentativa de desvincula-lo do MIR – Movimento da Esquerda Revolucionária (braço armado do Partido Comunista chileno) aliado latino americano do PT.

 

3 – Em 1989, o empresário Abílio Diniz foi seqüestrado por dez integrantes do MIR - Movimento da Esquerda Revolucionária (braço armado do Partido Comunista chileno), os quais, no momento da prisão, vestiam camisetas do PT e traziam material de campanha do LULA. Os SEQUESTRADORES de Washington Olivetto tiveram relações com participantes do seqüestro do empresário Abílio Diniz. Os seis presos em Serra Negra admitiram à polícia conhecer Humberto Paz, o argentino que liderou o seqüestro de Diniz.

 

4 – A partir de 2001, IBERE BANDEIRA DE MELLO foi o advogado dos SEQUESTRADORES de Washington Olivetto. O Dr. Ibere também foi advogado de Silvio Pereira, o SILVINHO DO PT, que alegou, em 2006, na CPI dos Bingos – cuja convocação do depoimento fora sua entrevista na Folha, em que disse que o objetivo do PT era arrecadar UM BILHÃO e derrubar a República -, ter se desligado do partido, mas o PT ainda pagava sua defesa. IBERE BANDEIRA DE MELLO é membro da COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS da OAB. E ainda o nobre e ilustre criminalista é advogado de KLINGER LUIZ DE OLIVEIRA SOUZA, condenado pela Justiça por crime contra o patrimônio público como secretário de Assuntos Municipais de Santo André, na gestão do prefeito assassinado CELSO DANIEL (PT).

 

5 – Colaborador dos líderes do PCC, o SEQUESTRADOR Anderson de Paula Lima, o ANDINHO, comanda a região de Campinas. Sobre ele pesa a suspeita de mandar matar em queima de arquivo o ex-prefeito de Campinas Antonio da Costa Santos, o Toninho do PT, em 2001.

 

6 – Marcelo da Silva Leandro, o NITEROI, e outros TRAFICANTES, que foram presos no Paraguai, formavam uma base permanente do PCC naquele país, numa associação entre MARCOLA, CLAUDAIR e FERNANDINHO BEIRA-MAR.

 

7 – O SEQUESTRO do repórter da Rede Globo em 13/08/06, deixou em suspeita a associação entre MARCOLA - PCC e o COMANDANTE RAMIRO – FPMR/MIR/Partido Comunista Chileno/ Partido dos Trabalhadores - PT. Da tática ao discurso, a mensagem veiculada pela televisão como moeda de troca pela libertação do repórter Guilherme de Azevedo Portanova, revela as cabeças pensantes do crime organizado:

 

“O Regime Disciplinar Diferenciado agride o primado da ressocialização do sentenciado, vigente na consciência mundial, desde o ilusionismo (sic) e pedra angular do sistema penitenciário nacional, inspirado na escola da nova defesa social... não vamos aceitar e ficarmos de braços cruzados pelo que está acontecendo no sistema carcerário. Deixamos bem claro que nossa luta é com os governantes e policiais, e que não mexam com nossas famílias que não mexeremos com as de vocês. A luta é nós e vocês.”

 

8 – Nos seqüestros anteriores, o discurso do advogado e do MIR tinha igual conteúdo ideológico:

 

O advogado dos presos, Iberê Bandeira de Mello: “a defesa deve apresentar 18 testemunhas à Justiça a fim de provar a ligação dos presos com grupos da esquerda chilena, demonstrando a motivação política do crime.”

MIR - Movimento da Esquerda Revolucionária: “Consideramos que o tratamento dado aos companheiros, hoje prisioneiros políticos, corresponde a uma posição direitista e reacionária, que fez do caso um exemplo para os que ousam atentar contra os ricos, seus interesses e privilégios”.

Hermano Leitão / JAS

Leia outras matérias desta seção
 » A consciência dos políticos brasileiros em reais
 » O presente das trevas do Dória
 » TCE: Mais um prêmio para o ex-prefeito Hamamoto
 » TCE: Chumbo grosso no prefeito de caieiras
 » Liberdade de Imprensa-Daniel Nakao Maibashi
 » Me engana que eu gosto
 » Caieiras e o novo marco do saneamento básico
 » Quem brinca com fogo acaba se queimando
 » Coronavirus: o after day das contas
 » A atual guerra Paulista
 » A vez do Witzel
 » O vídeo Bolsonaro x Moro
 » Caieiras deve receber R$ 11 milhões de ajuda federal
 » Feriado da consciência pandêmica - Folclore Nacional
 » Coronavírus-Osmar Terra: "não é bem assim"
 » Coronavírus: e agora manézada?.
 » Prefeito pretende gastar R$ 3,9 milhões em festas
 » Estado de Calamidade impõe normas na esfera jurídica
 » Prefeitura gasta R$ 10 milhões em festas
 » Concessão de transporte público



Voltar