» Colunas » Editorial

08/08/2019
Tribunal de Contas age e breca licitação

O Tribunal de Contas do Estado mandou a Prefeitura de Caieiras parar a licitação para aluguél de veículos. A empresa Lust Consultoria e Serviços inconformada com as exigências do edital, representou ao Tribunal e conseguiu suspender o processo.

No mandado disse o Tribunal “2.3.Nessa conformidade, o conjunto das críticas levadas a efeito pela Representante quanto às exigências de veículos zero quilômetro e exiguidade de prazo para apresentação de documentos do veículos, indicam possível desconformidade com a jurisprudência desta E. Corte de inobservância ao artigo 3o da Lei no 8.666/93.”

Os contratos de aluguel de veículos que geram milhões de reais em despesas para o Município, sistematicamente vem sendo feitos com empresas com sede na Cidade vizinha de Cajamar, o que levou um Vereador a dizer em “off” que era o “cartel Cajamarense". Indagado porque não indicava uma CPI para apurar os contratos, alegou ter medo de se envolver e sofrer represálias. Como o edil pediu sigilo seu nome é omitido na forma Constitucional.

Ainda, segundo comentou um funcionário municipal “os contratos não eram feitos por KM rodado e o controle do uso dos veículos muito precário. Exceto nos carros da Guarda Municipal que rodam dia e noite, os demais mais ficavam parados que rodando sem contar que transportar crianças de um bairro para outro é absurdo, com os milhões gastos nos contratos a Prefeitura poderia ter comprado centenas de veículos, finalizou. “

Isso mostra que faltam escolas municipais e ficar transportando crianças entre os bairros por falta de unidades adequadas, é mais que absurdo é administrar mal, muito mal o dinheiro da educação.


Edson Navarro - Economista

Leia outras matérias desta seção
 » A atual guerra Paulista
 » A vez do Witzel
 » O vídeo Bolsonaro x Moro
 » Caieiras deve receber R$ 11 milhões de ajuda federal
 » Feriado da consciência pandêmica - Folclore Nacional
 » Coronavírus-Osmar Terra: "não é bem assim"
 » Coronavírus: e agora manézada?.
 » Prefeito pretende gastar R$ 3,9 milhões em festas
 » Estado de Calamidade impõe normas na esfera jurídica
 » Prefeitura gasta R$ 10 milhões em festas
 » Concessão de transporte público
 » Reciclagem: a burrice nacional
 » Justiça Trabalhista em Caieiras multa mentirosos
 » O pátio do Detran de Caieiras
 » Manual da corrupção
 » Orçamento Público anual é preciso aprender e acompanhar
 » Terceirizar a saúde vale a pena?
 » Operação Castelo de Areia a Fênix
 » Direito ou abuso adquirido ?- Políticos
 » Errar é humano mas persistir no erro é .....



Voltar