» Colunas » Editorial

04/03/2020
Reciclagem: a burrice nacional

E a manipulação para maximizar lucros

Leiam o texto publicado pela prefeitura e vejam como transferir a responsabilidade da reciclagem que a Essencis deveria fazer  para os Cidadãos de Caieiras, enquanto as milhares de toneladas de lixo e resíduos que seriam recicladas pela empresa conforme o projeto eia-rima original continuam a ser simplesmente enterradas,o que além de tudo é falta de inteligência já que milhões de reais são desperdiçados, enterrados.

A iniciativa da Secretaria do Meio Ambiente é louvável quanto aos Cidadãos, peca por se juntar a empresa Essencis que trata a reciclágem como se fosse obrigação dos outros e não dela. Usa a associação com o poder público para propagandear preocupação com o meio ambiente, não faz a lição de casa e induz o Cidadão comum a ter uma impressão irreal do seu negócio, que simplesmente procura maximizar lucros com a minimização dos custos, embora legal é a essência do capitalismo selvagem. E o povo?..... como dizia aquela ministra que envergonhou os colegas profissionais pela burrice audaz....   o povo é um detalhe. 

Texto publicado no site da Prefeitura

Coleta Seletiva: programa proporciona desenvolvimento sustentável de Caieiras. Publicado em 21/02/20 03:23 PM- Site da Prefeitura de Caieiras.

NOTA DA REDAÇÃO: Texto modificado com acréscimo de palavras e grifos.

Muitos de nós não nos damos conta do quanto é importante a reciclagem, ainda mais atualmente, levando em conta que o Brasil é um dos países que mais produz lixo no mundo. De acordo com a pesquisa feita em 2019 pelo Fundo Mundial para a Natureza (WWF), o país foi o 4º maior produtor de lixo plástico do mundo, e recicla apenas 1%.

Pergunta: Quanto a Essencis recicla das milhões de toneladas que enterra ?

É importante que as pessoas " e empresas do setor" criem o hábito de reciclar, e ao longo dos anos foram criados diversos meios de reaproveitamento, porém, não são todos que praticam ou têm acesso a informações sobre eles. A Prefeitura de Caieiras, pensando nisso, investe continuamente e cria formas para fomentar o desenvolvimento sustentável da Cidade.

O programa de Coleta Seletiva, desenvolvido em parceria com a UVS Essencis Caieiras (Unidade de Valorização Sustentável), é uma das alternativas que foi colocada em prática para estimular os caieirenses a realizar a separação de recicláveis e orgânicos de maneira adequada. Por meio dos PEV's (Pontos de Entrega Voluntária), a população pode levar materiais recicláveis a esses locais, e assim, colaborar com o meio ambiente.

N.R. Enquanto a Cidade gera em média 100 toneladas de lixo mensalmente a Essencis enterra milhares sem nenhum tratamento ou reciclagem, gera gases nocivos e passivo ambiental perigoso pois armazena lama de mercúrio, oriundo principalmente de empresas de Cubatão. 

O programa, implantado em 2018, tem diversas etapas, sendo elas: a implantação dos PEV's, que ainda está em andamento; o chamamento dos recicladores de materiais recicláveis do município; divulgação porta-a-porta para informar sobre o programa; reunião com os recicladores para a formação da cooperativa; capacitação dos interessados na cooperativa; capacitação dos professores e funcionários da Rede Municipal; adequação do galpão e o credenciamento dos catadores. Todas essas etapas são fundamentais para que o programa funcione da maneira correta.

N.R.A formação da Cooperativa de recicladores está prevista no projeto original do lixão assim como outras exigências que nunca foram cumpridas..

Já foram inaugurados nove PEV's, sendo eles: no CEU das Artes (Av. Armando Sestini, 1031 - Jardim dos Eucaliptos), no Ginásio Luiz Carlos Rizardi (Avenida Marcelino Bressiani, 460 - Jd. Marcelino), no Ginásio Augusta Maria da Silva (Rua João Benedito de Campos, 30 - Vila dos Pinheiros), Ginásio Poliesportivo Pedro Borsari (Rua Marilia, 400 - Serpa) e Centro Esportivo João Odoni (Rua Pedro Alvares Cabral, 75 - Serpa), Ginásio Poliesportivo Antônio Decresci (Av. Pref. Gino Dártora, 326 - Jardim Nova Era), Velódromo Municipal (Rua João Dártora), 146 - 152), Centro Cultural Izaura Neves (Rua Argentina, 400), campo de futebol Morro Grande (Av. Dr. Olindo Dártora, 4652).

Até o meio deste ano serão implantados PEV's em diversos bairros de Caieiras. Os próximos serão: Portal das Laranjeiras, no Ginásio Ernesto Diogo de Faria (Rua Cardeal, 395); na Vila Rosina, na Associação Filantrópica Santa Clara (Rua Maria Bernarda Butler, 245); em Laranjeiras, no Centro Esportivo Jacinto de Moraes (Rua João Massaia, 100); na Santa Inês, na Guarda Civil Municipal - base comunitária Santa Inês (estrada Santa Inês, km 10, s/n); na Calcárea, na EMEB Nahyr Mendes Winesky (Rua da Grota, s/n) e na Etec Caieiras.

Com os Pontos de Entrega Voluntária no município, foram retirados dos bairros e das escolas municipais, em 2018, aproximadamente 2.736,3 kg de reciclados e vale ressaltar que o projeto foi implantado no segundo semestre desse ano. Em 2019, a média foi de 8.495,1 kg. O programa também foi implantado no Paço Municipal, e além das escolas e ginásios, o objetivo é que futuramente todos os espaços públicos façam parte do programa.

Cooperativa de catadores e recicladores

N.R.(Prevista no eia-rima do projeto original custeado integralmente pela empresa e não pela Prefeitura)

Uma das etapas do programa é auxiliar e incentivar a criação da "Caieiras Cooperativa e Controle de Recicláveis (3CR)", formada somente por catadores e recicladores de Caieiras, totalmente registrada e legalizada, que iniciará suas atividades em um galpão situado ao lado da UBS do Jardim Vera Tereza (Rodovia Tancredo de Almeida Neves, km 39). O espaço será a central de triagem para a separação dos resíduos recicláveis coletados.

A Secretaria do Meio Ambiente realiza um diagnóstico antes da implementação de algum PEV, fazendo o "porta-a-porta" num raio de 100 a 200 metros de distância do ponto de entrega, no qual os agentes da Secretaria conversam com os moradores e explicam como funciona o programa. Nos eventos promovidos pela Prefeitura, como o "Ação Cidadania", são distribuídos panfletos explicativos, com foco em conscientizar as pessoas.

A reeducação e conscientização da população são de extrema importância no processo de preservar o meio ambiente, pois, é comum encontrar resíduos espalhados pela cidade, principalmente em épocas de chuvas constantes, que entopem os bueiros e causam enchentes, além de outros danos, como: contaminação do solo e da água pelo chorume, mau cheiro do lixo em decomposição, aumento do número de incêndios causados pelos gases gerados pelo lixo em decomposição, entre muitos outros.

N.R.Aqui cabe o questionamento: Porque a Prefeitura não cobra da Essencis a mesma postura e o cumprimento do eia-rima ?. 

A Prefeitura de Caieiras tem como objetivo proporcionar capacitação, renda e tratamento mais humanizado aos catadores da cidade e reduzir a quantidade de materiais enviados aos aterros sanitários.

Por meio do programa Coleta Seletiva, a Secretaria do Meio Ambiente espera que os caieirenses adquiram o hábito de reciclar, que é fundamental para evitar o esgotamento dos recursos naturais disponíveis, e para que ocorram melhorias para todos, já que se não preservarmos o meio ambiente, todos serão prejudicados. Colabore e leve seu lixo no PEV mais próximo!.

N.R.No texto acima cabe uma correção: "...Secretaria do Meio Ambiente espera que os caieirenses e a Essencis  adquiram o hábito de reciclar... "

N.R. O projeto eia-rima original aprovado pela Cetesb e demais órgãos públicos previa medidas consideradas de "primeiro mundo" e foi elaborado pela Cavo - empresa que vendeu o empreendimento para a Essencis, que, obviamente ficou responsável pelas obrigações inerentes a ele, entre elas a reciclagem e é hoje provavelmente o maior aterro de lixo in-natura do País. 

O curioso é que o prefeito de Caieiras gerson romero é reciclador de plásticos e nada fez nos últimos tres anos para que a Essencis cumprisse o projeto original, tão pouco os vereadores. Estes, criaram uma CPI que chegou a conclusão que a empresa paga seus impostos corretamente ao Município, foi presidida pelo vereador panelli. 


Edson Navarro - Economista

Leia outras matérias desta seção
 » A atual guerra Paulista
 » A vez do Witzel
 » O vídeo Bolsonaro x Moro
 » Caieiras deve receber R$ 11 milhões de ajuda federal
 » Feriado da consciência pandêmica - Folclore Nacional
 » Coronavírus-Osmar Terra: "não é bem assim"
 » Coronavírus: e agora manézada?.
 » Prefeito pretende gastar R$ 3,9 milhões em festas
 » Estado de Calamidade impõe normas na esfera jurídica
 » Prefeitura gasta R$ 10 milhões em festas
 » Concessão de transporte público
 » Reciclagem: a burrice nacional
 » Justiça Trabalhista em Caieiras multa mentirosos
 » O pátio do Detran de Caieiras
 » Manual da corrupção
 » Orçamento Público anual é preciso aprender e acompanhar
 » Terceirizar a saúde vale a pena?
 » Operação Castelo de Areia a Fênix
 » Direito ou abuso adquirido ?- Políticos
 » Errar é humano mas persistir no erro é .....



Voltar